Menu

Cidades

Cinco membros da Loja Maçônica de Búzios foram elevados ao grau de Mestre

Antônio Flavio Rodrigues Rocha, Cristiano Furtado Nazário, Luciano Cezar Pessanha Pereira, Marco Roberto da Silva Saraiva e Rodrigo Cesar de Oliveira Souza alcançam o título de Mestre Maçom em Sessão Magna realizada no domingo
maçons de Búzios ok

Cinco membros destacados da Loja Maçônica de Armação dos Búzios foram honrados neste domingo (19) ao serem elevados à posição de Mestre Maçom. Antônio Flavio Rodrigues Rocha, Cristiano Furtado Nazário, Luciano Cezar Pessanha Pereira, Marco Roberto da Silva Saraiva e Rodrigo Cesar de Oliveira Souza subiram mais um grau dentro da associação. Outro membro, Douglas Roberto Santos e Silva, que está em missão humanitária no Rio Grande do Sul, também será exaltado assim que retornar a Búzios.

Fundada em 7 de setembro de 2005, a loja opera em seu próprio templo, localizado na Rua Justiniano de Souza, no bairro da Rasa. Com quase 30 membros em sua comunidade, a loja é uma das principais instituições maçônicas da região. Além disso, a sede está vinculada ao Grande Oriente No Brasil (GOB) no Estado do Rio de Janeiro (GOb-RJ), oficialmente alinhada ao rito escocês antigo e aceito da Loja do Oriente de Londres, na Inglaterra, uma instituição com origens que remontam ao século 18.

Cinco membros da Loja Maçônica de Búzios foram elevados ao grau de Mestre

Antônio Flavio Rodrigues Rocha, Cristiano Furtado Nazário, Luciano Cezar Pessanha Pereira, Marco Roberto da Silva Saraiva e Rodrigo Cesar de Oliveira Souza alcançam o título de Mestre Maçom em Sessão Magna realizada no domingo
maçons de Búzios ok

Cinco membros destacados da Loja Maçônica de Armação dos Búzios foram honrados neste domingo (19) ao serem elevados à posição de Mestre Maçom. Antônio Flavio Rodrigues Rocha, Cristiano Furtado Nazário, Luciano Cezar Pessanha Pereira, Marco Roberto da Silva Saraiva e Rodrigo Cesar de Oliveira Souza subiram mais um grau dentro da associação. Outro membro, Douglas Roberto Santos e Silva, que está em missão humanitária no Rio Grande do Sul, também será exaltado assim que retornar a Búzios.

Fundada em 7 de setembro de 2005, a loja opera em seu próprio templo, localizado na Rua Justiniano de Souza, no bairro da Rasa. Com quase 30 membros em sua comunidade, a loja é uma das principais instituições maçônicas da região. Além disso, a sede está vinculada ao Grande Oriente No Brasil (GOB) no Estado do Rio de Janeiro (GOb-RJ), oficialmente alinhada ao rito escocês antigo e aceito da Loja do Oriente de Londres, na Inglaterra, uma instituição com origens que remontam ao século 18.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Últimos dias: Mutirão da Catarata tem inscrições somente até o dia 20 de junho

Sindsol Búzios Celebra 28 Anos de História

Projeto Búzios Presente no mês do meio-ambiente promove Eco Trail de Educação Ambiental

Búzios combate ocupações irregulares no Parque Estadual da Costa do Sol

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.