Cidades da Costa do Sol podem receber recursos federais para promover eventos tradicionais

Dos 13 municípios da região apenas 11 cidades têm condições de receber ajuda substancial do governo federal por estarem presentes entre as categorias A e D no mapa do turismo brasileiro.

As cidades que integram a região da Costa do Sol podem receber neste ano os recursos federais a fundo perdido para promover eventos tradicionais nos municípios. Os recursos são do Ministério do Turismo, que serão requisitados através da Plataforma Mais Brasil.

De acordo com Marco Navega, presidente do Conselho de Desenvolvimento do Turismo da Costa do Sol (Condetur), a captação dos recursos para projetos de movimentação turística só vai poder acontecer devido à estrutura legal do Condetur, que foi montada nos dois últimos anos. A entidade é a única instância regional do Estado do Rio reconhecida pelo Ministério do Turismo, que outorgou uma Certidão e, por isso, está apta a conduzir a captação de recursos a fundo perdido.

“No ano passado, o governo federal liberou recursos para as cidades, mas não recebemos nada aqui no estado do Rio. Por isso, estamos correndo atrás para usarmos esses recursos nos nossos municípios, que têm eventos que chamam atenção e possuem grande movimentação turística”, disse Marco.

Ainda de acordo com Marco, o Condetur já recebeu pedidos das cidades e de empresas privadas para solicitar os recursos federais. Estes pedidos serão analisados por uma equipe técnica para ver se os eventos realmente se enquadram nos requisitos.

“Para conseguir os recursos, porém, os eventos precisam ter história, acontecer com uma certa periodicidade e comprovarem a movimentação turística”, ressaltou Navega, que citou alguns exemplos de eventos já conhecidos nos municípios como o Festival de Sabores e o Tubarões Bikerfest, ambos em Cabo Frio, e os festivais gastronômicos de Búzios, de Macaé e de Rio das Ostras.

Mapa do Turismo Brasileiro

Dos 13 municípios da Costa do Sol apenas 11 cidades têm condições de receber ajuda substancial do governo federal por estarem presentes entre as categorias A e D no mapa do turismo brasileiro.

Confira quais são as cidades e os valores que podem receber:

  • Categoria A = Cabo Frio, Búzios e Macaé; cada uma das cidades podem receber até R$ 800 mil por ano para apoio a eventos tradicionais.
  • Categoria B = Arraial do Cabo, Saquarema e Rio das Ostras; podem receber até R$ 600 mil.
  • Categoria C = Maricá, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Casimiro de Abreu; podem receber até R$ 400 mil.
  • Categoria D = Quissamã; pode receber até R$ 200 mil.

Para saber se o evento se enquadra para receber os recursos federais, basta enviar a solicitação para o e-mail condeturrio@gmail.com.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários

Windows Lizenz Windows 10 Lizenz Office 2019 Lizenz Kaufen Office 365 kaufen Windows 10 Home kaufen Office 2016 kaufen lisans satın al office 2019 satın al follower kaufen instagram follower kaufen porno