Menu

Cidades

Chove no alagado

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Rafael Alvarenga

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Chove no alagado! É assim: suponhamos que eu escreva uma crônica esportiva abusiva, ofensiva, preconceituosa, canalha. E aí o editor do Prensa o que faz? Impede a todos de escreverem crônicas esportivas. Daqui para frente só crônica, sobre o que quer que seja, mas não sobre esporte. Quem fica prejudicado: o leitor da falecida crônica esportiva.

Essa prática de gafanhotos, porque destrói tudo em um dia, é comum nos afazeres das autoridades brasileiras no que diz respeito ao futebol (não só como também). Torcedores brigam e um deles morre. Agora se seu time não é quem “manda” o jogo, você não pode mais ir ao estádio e assistir ao clássico.

Não banalizo aqui a morte. Refiro-me – e defendo – quem nada tem a ver com o crime.

Eu chovo no alagado! Impunidade, insegurança, incapacidade e descaso com o cidadão espectador – amante do futebol. Em São Paulo sequer uma bandeira você pode levar ao estádio para assistir a um clássico. A violência diminuiu? Claro que não. O consumo de álcool nos EUA diminuiu com a Lei Seca? Claro que não.

Mas os canais de TV por assinatura estão adorando! E como são éticas essas empresas! Argumentam que a lei tem que ser respeitada, principalmente se as favorecem. É que o número de contratos assinados, de pacotes vendidos para assistir aos jogos, só cresce. É o “milagre econômico da mídia esportiva”.

Por favor, não reclamem deste cronista. Afinal, desde o início do texto ele avisou que estaria chovendo no alagado. Sou contra essa Lei autoritária. Agora, independente das cores da camisa, os torcedores devem se unir em um protesto contra essa injusta justiça que só é capaz de punir quem não é criminoso.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Palestra em Búzios sobre paisagismo urbano e diversidade vegetal da Região dos Lagos  

Megaoperação policial desmantela império do tráfico do Comando Vermelho em Búzios e outras cidades do país

Debate público sobre sustentabilidade terá presença de Marina Silva em Macaé

Búzios inicia vacinação contra a dengue para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos