Menu

Cidades

Campanha Revisa Prolagos ganha força e recebe apoio da sociedade

esgoto em Búzios
Despejo de esgoto nas ruas de Búzios

 

 

 

 

 

 

 

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), diretórios Búzios e Cabo Frio, está protagonizando uma campanha, que começou nas redes sociais e promete tomar as ruas, pedindo a revisão do contrato de concessão da Prolagos, concessionária responsável pela água e o saneamento das cinco cidades que compõem a Região dos Lagos, no Rio de Janeiro.

O que motivou a campanha foi o entendimento, já acampado por outros grupos e setores da sociedade há alguns anos, de que os compromissos a que a Prolagos tem que cumprir para lucrar economicamente  com a prestação dos serviços de distribuição de tratamento e distribuição de água, assim como a coleta e tratamento do esgoto, não atendem mais às necessidades dos municípios da Região.

O contrato, firmado em 1996, através de um acordo internacional, pelo prazo de 25 anos, e estendido em 2001 por mais 18 anos (até 2041), prevê que a Prolagos capte e trate 90% do esgoto produzido na área urbana dos municípios de Búzios, Cabo Frio, São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande e Arraial do Cabo (sem incluir as zonas rurais desses municípios), pelo sistema de “coleta a tempo seco”, que consiste na interceptação do esgoto presente nas galerias da rede pluvial. O prazo para isso é até o fim do contrato, em 2041.

Ainda, de acordo com as executivas dos partidos nas duas cidades, na revisão do contrato também é preciso constar a obrigação da implantação de rede separativa e coleta pelo sistema terciário.

As executivas dos partidos nas duas cidades explicam que estão levando em conta os apontamentos técnicos e o entendimento jurídico levantado por ativistas e organizações de defesa do meio ambiente, reconhecidos por sua seriedade, na defesa dos interesses da Região dos Lagos. E a partir do entendimento e engajamento popular, audiências públicas e pressão na Alerj serão os próximos passos.

Em vídeos publicados na internet os ativistas mostram os locais de despejos ou vazamento de esgoto nos bairros dos dois municípios e convidam a população a fazer o mesmo através da hastag #RevisaProlagos.

Campanha Revisa Prolagos ganha força e recebe apoio da sociedade

esgoto em Búzios
Despejo de esgoto nas ruas de Búzios

 

 

 

 

 

 

 

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), diretórios Búzios e Cabo Frio, está protagonizando uma campanha, que começou nas redes sociais e promete tomar as ruas, pedindo a revisão do contrato de concessão da Prolagos, concessionária responsável pela água e o saneamento das cinco cidades que compõem a Região dos Lagos, no Rio de Janeiro.

O que motivou a campanha foi o entendimento, já acampado por outros grupos e setores da sociedade há alguns anos, de que os compromissos a que a Prolagos tem que cumprir para lucrar economicamente  com a prestação dos serviços de distribuição de tratamento e distribuição de água, assim como a coleta e tratamento do esgoto, não atendem mais às necessidades dos municípios da Região.

O contrato, firmado em 1996, através de um acordo internacional, pelo prazo de 25 anos, e estendido em 2001 por mais 18 anos (até 2041), prevê que a Prolagos capte e trate 90% do esgoto produzido na área urbana dos municípios de Búzios, Cabo Frio, São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande e Arraial do Cabo (sem incluir as zonas rurais desses municípios), pelo sistema de “coleta a tempo seco”, que consiste na interceptação do esgoto presente nas galerias da rede pluvial. O prazo para isso é até o fim do contrato, em 2041.

Ainda, de acordo com as executivas dos partidos nas duas cidades, na revisão do contrato também é preciso constar a obrigação da implantação de rede separativa e coleta pelo sistema terciário.

As executivas dos partidos nas duas cidades explicam que estão levando em conta os apontamentos técnicos e o entendimento jurídico levantado por ativistas e organizações de defesa do meio ambiente, reconhecidos por sua seriedade, na defesa dos interesses da Região dos Lagos. E a partir do entendimento e engajamento popular, audiências públicas e pressão na Alerj serão os próximos passos.

Em vídeos publicados na internet os ativistas mostram os locais de despejos ou vazamento de esgoto nos bairros dos dois municípios e convidam a população a fazer o mesmo através da hastag #RevisaProlagos.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Bell Marques lança “100% Você”, empresa de suplementação

Portalmad Portas e Janelas investe em madeira sustentável

Lances para leilões on-line de bens de apartamentos decorados estão abertos

Piscinas devem ter uso consciente da água, diz especialista

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.