Cabo Frio: Grupo de Dr.Adriano afirma que haverá novas eleições em julho

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Em outubro de 2016, em todo o Brasil, ocorreram as eleições locais para prefeito e vereador. Entretanto, na cidade de Cabo Frio, pelo visto, as eleições ainda não acabaram. Informações do grupo político do Dr Adriano  (REDE), que concorreu à prefeitura, preveem, segundo eles, novas eleições ainda em 2017, no mês de julho.  Segundo o grupo político, alguns aspectos influenciariam nessa nova eleição, se ocorrer, de fato.

“A Ministra Rosa Weber (STF), relatora do processo que indefere o registro da candidatura de Marcos da Rocha Mendes, o Marquinho Mendes, votou a favor deste indeferimento. Como o ministro Luiz Fux também foi favorável a inelegibilidade por oito anos, são dois votos. Como são sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral, faltam agora dois votos. Portanto se preparem para novas eleições em Cabo Frio a partir de julho de 2017”, diz um dos trechos das informações passadas para a redação do Prensa.

Em sua página em uma rede social, o prefeito Marquinho Mendes, publicava informações sobre o processo eleitoral:

“Ontem tivemos a nossa primeira vitória no TSE com relação a votação das contas de 2012 , pela Câmara Municipal.” – Marquinho Mendes no Facebook em 03/05/2017.

O grupo de Adriano afirmam  que essas informações do prefeito de Cabo Frio são falsas e  argumentam:   “Isso é mentira! O MPE defende que as irregularidades cometidas pelo ordenador de despesas são insanáveis, capazes de configurar ato doloso de improbidade administrativa. Assim, entende presentes todos os requisitos de inelegibilidade prevista no art. 1º, inciso I, alínea “g”, da LC 64/90. “.

 

Seguem abaixo os aspectos técnicos do MPE que, de acordo com o grupo, serão levados em conta pelo  STF

Realização de despesas com pessoal no montante de R$ 70.427.832,25 que excederam os respectivos créditos orçamentários, em afronta ao art. 167, inciso II, da Constituição Federal;

Defict financeiro no montante de R$ 57.083.100,74, ocorrido no término do mandato do Prefeito , indicando o não cumprimento do equilíbrio financeiro estabelecido no parágrafo 1º do art. 1º da LC nº 101/2000.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2016/11/27/ex-senadora-marina-silva-fundadora-da-rede-sustentabilidade-esteve-em-buzios-na-companhia-do-dr-adriano-segundo-mais-votado-pra-prefeito-em-cabo-frio-e-o-coordenador-do-partido-na-cidade-vizinh/

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

Búzios terá quatro praças de acesso à Praia Rasa gerando novos pontos turísticos

Checagem

Bolsonaro insiste em informações falsas sobre ditadura e Covid-19

Programação Histórica

São Pedro da Aldeia é sede do evento “I Semana Decolonial do Patrimônio”

Lazer em Búzios

Cinco praias de Búzios que você precisa conhecer

MUTIRÃO

Prefeitura de Búzios realiza mais um mutirão de cirurgias plásticas no Hospital Rodolpho Perissé  

MEIO AMBIENTE

Audiência Pública discute expansão do estacionamento do Shopping Park Lagos