Menu

Cidades

Búzios terá associação dos produtores de maconha para uso medicinal

medicos-aprovam-maconha-medicinal-argentina-e-brasil

 

maconha-canabidiol
A Maconha pode ser usada como planta medicinal para diminuir a dor crônica, combater crises de epilepsia, sendo útil para ajudar a tratar diversas doenças como Síndrome de Hett, Alzheimer, Depressão e Esclerose múltipla. Além disso, a Maconha pode ainda ser usada para outros fins, como para diminuir os efeitos da quimioterapia e da radioterapia em pacientes com câncer, por exemplo. O nome cientifico da Maconha é Cannabis sativa L., e esta planta apenas deve ser consumida em forma de medicamento, de acordo com indicação médica. Para que serve a maconha Sobre indicação do médico, a maconha medicinal pode ser usada no alivio da dor forte e crônica, e no tratamento de diversos problemas e doenças como Alzheimer, epilepsia, dor, glaucoma, síndrome de Tourette, esclerose múltipla, espasticidade, náuseas e vômitos causados pela quimioterapia, anorexia e fraqueza e cansaço extremo em pacientes com Aids.

Está tudo pronto para a criação da Associação dos Produtores de Cannabis para uso Medicinal do Município de Armação dos Búzios. A notícia foi dada pelo advogado, jornalista,  e ativista Hamber carvalho, que é morador de Búzios, e que milita há anos no estado do Rio por diversas causas de interesse da sociedade e nos últimos anos tem levantado o debate sobre a legalização da maconha e a descriminalização das drogas no país como forma de diminuir a violência.

De acordo com Hamber, a assembléia de fundação  será na segunda quinzena de maio deste ano.

Hamber é responsável pela  elaboração e fundação da maioria das associações do município, e seu importante papel como advogado, também jornalista, e ativista,  já foi reconhecido pela Câmara de Vereadores da  cidade,  que concedeu a ele, que é carioca, o título de cidadão buziano.

Hamber também é o principal responsável pela elaboração da Feira Periurbana de Búzios, um verdadeiro sucesso.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2016/12/26/o-problema-nao-e-o-lixo-e-comunicacao/

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Grupo Bz promove rifa solidária em apoio às vítmas das chuvas no Rio Grande do Sul

Morador de Manguinhos denuncia vazamento de água

Escola de Artes e Ofícios Zanine em Búzios promove Experiências Criativas para Adultos

Búzios promove terceiro encontro do Seminário Abolição da Escravatura