Menu

Cidades

Búzios promove terceiro encontro do Seminário Abolição da Escravatura

Evento discutiu e refletiu sobre identidade e igualdade étnica na península
Divulgação

A Prefeitura de Búzios, realizou nesta quarta-feira (15), o III Seminário Abolição da Escravatura na Câmara Municipal de Armação dos Búzios. O evento contou com a participação de professores, estudantes, comunidades quilombolas e ONGs, proporcionando um espaço de reflexão sobre o papel do povo negro na sociedade brasileira.

O seminário, que teve como foco principal a discussão sobre a importância da reparação da igualdade étnica e a valorização das expressões culturais afro-brasileiras, contou com a presença de diversos representantes da comunidade buziana. O professor Bruno Rodrigues, Coordenador de Pluralidade Cultural, apresentou as Práticas de Pluralidade Cultural na Rede Municipal, ressaltando a contribuição dos povos tradicionais na construção da identidade local e no currículo escolar.

Entre os palestrantes, estiveram presentes o professor Acioli Gonçalves da Silva Junior, Luiz Guilherme Scaldaferri e Marta da Costa, esta última também representante da comunidade Quilombola da Rasa. Além disso, a representante da comunidade tradicional de matriz africana, Etemy Sirlei d’Iemanjá, destacou o papel fundamental da mulher negra no período pós-abolição. O Dr. Guilherme Teixeira, Advogado Criminalista (OAB-Cabo Frio), trouxe reflexões sobre a realidade e os desafios enfrentados pela população negra no sistema judiciário brasileiro.

Segundo a Prefeitura, todas as iniciativas da SEMED, que englobam seminários, aulas de campo, formações e visitas aos quilombos, têm como objetivo valorizar a cultura do povo negro, promovendo uma compreensão mais ampla e fomentando um sentimento de pertencimento ao espaço entre educadores e educandos.

Búzios promove terceiro encontro do Seminário Abolição da Escravatura

Evento discutiu e refletiu sobre identidade e igualdade étnica na península
Divulgação

A Prefeitura de Búzios, realizou nesta quarta-feira (15), o III Seminário Abolição da Escravatura na Câmara Municipal de Armação dos Búzios. O evento contou com a participação de professores, estudantes, comunidades quilombolas e ONGs, proporcionando um espaço de reflexão sobre o papel do povo negro na sociedade brasileira.

O seminário, que teve como foco principal a discussão sobre a importância da reparação da igualdade étnica e a valorização das expressões culturais afro-brasileiras, contou com a presença de diversos representantes da comunidade buziana. O professor Bruno Rodrigues, Coordenador de Pluralidade Cultural, apresentou as Práticas de Pluralidade Cultural na Rede Municipal, ressaltando a contribuição dos povos tradicionais na construção da identidade local e no currículo escolar.

Entre os palestrantes, estiveram presentes o professor Acioli Gonçalves da Silva Junior, Luiz Guilherme Scaldaferri e Marta da Costa, esta última também representante da comunidade Quilombola da Rasa. Além disso, a representante da comunidade tradicional de matriz africana, Etemy Sirlei d’Iemanjá, destacou o papel fundamental da mulher negra no período pós-abolição. O Dr. Guilherme Teixeira, Advogado Criminalista (OAB-Cabo Frio), trouxe reflexões sobre a realidade e os desafios enfrentados pela população negra no sistema judiciário brasileiro.

Segundo a Prefeitura, todas as iniciativas da SEMED, que englobam seminários, aulas de campo, formações e visitas aos quilombos, têm como objetivo valorizar a cultura do povo negro, promovendo uma compreensão mais ampla e fomentando um sentimento de pertencimento ao espaço entre educadores e educandos.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

ONC Care da Hill’s traz nutrição de apoio para pets em tratamento oncológico

Projetos de pesquisa do câncer recebem prêmio internacional

São Paulo sedia Campeonato Brasileiro de Remo Master

Especialista alerta sobre novo golpe dos precatórios

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.