Búzios poderá ter bilhete único para passeio de escuna

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

 

 

escunas-de-buziosNessa quinta-feira, dia 24, foi encaminhado a Câmara de Búzios, o projeto de lei, de autoria do prefeito André Granado que visa instituir o Bilhete Único para passeios de escuna e similares.

Conforme a justificativa, contida na Mensagem anexa ao projeto, o objetivo é impedir “cobranças não razoáveis” pelo passeio, que podem gerar impacto negativo na imagem do município para os turistas.

Durante a discussão da PL, o vereador Felipe Lopes deixou claro a  importância de se ouvir a classe, antes da votação. Sendo assim, o projeto que tinha um requerimento de urgência para ser votado na própria sessão, foi encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça e adiada.

Publicidade

De acordo com Henrique Gomes, presidente da Câmara, a proposição deverá ser votada em regime de urgência na próxima sessão, na terça-feira, dia 29.

Se o projeto for aprovado, os exploradores da atividade deverão se cadastrar para utilização do Bilhete Único. E a tarifa cobrada pelo Poder Público será descontada dos valores repassados aos cadastrados. O valor do bilhete será determinado, posteriormente, por decreto do prefeito.

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

MEIO AMBIENTE

Gustavo Schmidt fala sobre o trabalho desenvolvido pela Comissão de Meio Ambiente da Alerj e aponta futuro de Búzios e região

RIO UNA

“Búzios: paraíso sob ameaça” é tema de audiência pública na Câmara Municipal

DEBATE NA BAND

“Você é culpado ou incompetente?”, questiona Freixo a Claudio Castro durante debate na Band

MULTIVACINAÇÃO

Maricá, Cabo Frio e Rio das Ostras iniciam Campanha de Multivacinação nesta segunda-feira (8)

APOIO FEMININO

Aquiles Barreto reúne centenas de mulheres para discutir políticas públicas em Cabo Frio

MEMÓRIA AFETIVA

8ª edição do Festival Sabores de Cabo Frio terá como tema “Receitas com boas lembranças”