Menu

Cidades

Búzios Convention Bureau quer diversificar e diminuir a sazonalidade atraindo turismo de fé

luis-romano-e-thomas-weber-300x201

 Uma parceria entre igrejas e Poder Público pode ser o primeiro passo

luis-romano-e-thomas-weber-300x201
Romano Lorenzi e Thomas Weber

Dados do Ministério do Turismo (MTur) demonstram que o  setor de turismo religioso ou turismo de  fé específico movimentou mais de 15 milhões de reais, evidenciando sua importância para a economia nacional, sobretudo em tempos de crise.  Anualmente, diversas pessoas procuram por roteiros de fé: tanto pela experiência espiritual, quanto pelas maravilhosas celebrações que acontecem pelo país afora. Multidões se deslocam em feriados importantes como a Páscoa, Finados e o Natal, para acompanhar de perto essas manifestações religiosas. E isso, é claro, ajuda a movimentar a economia e gerar emprego do setor turístico de muitas cidades brasileiras.

Diante desse quadro e com objetivo de estimular o turismo religioso em Búzios, o presidente do Búzios Convention e Visitors Bureau (BúziosCVB), empresário Thomas Weber, conversou esta semana, com Luiz Romano de Souza Lorenzi, 39 anos, nascido e criado no centro da cidade, técnico em turismo, ex-secretário de Cultura de Búzios; e historiador com profundo conhecimento religioso. Ele foi responsável por toda a pesquisa do belíssimo livro “Búzios”, de Aírton Guimarães, lançado em 2015. Em pauta, o resgate do turismo religioso em Búzios visto como um “um bom negócio” para a Cidade.

Thomas Weber destaca a velocidade com que este segmento vem crescendo nos últimos anos:

“O turismo religioso é um grande negócio. Considerando apenas os Estados Unidos, estima-se que cerca de 25% do público que viaja interessa-se no turismo baseado na fé. Quando se soma a este número as pessoas que viajam para convenções baseados na fé, tais como casamentos, bar mitzvahs ou funerais, o número torna-se extraordinariamente grande. O segmento da viagem religiosa mundial é um dos setores em crescimento mais rápidos dos dias de hoje. A deslocação religiosa é estimativamente avaliada em 18$ bilhões de dólares e 300 milhões de .”

Por outro lado Romano lembra que  esse tipo de turismo precisa funcionar com parcerias como, por exemplo, entre as igrejas e o setor Público.

“É preciso unidade entre o comércio local, administração pública e Paróquia de Sant’Anna e Santa Rita de Cássia.  A Paróquia precisa entender que as nossas festas de Padroeiros precisam de uma “nova roupagem”, e essa roupagem é muito importante para dar beleza a essas manifestações de fé do povo buziano.”, contou Romano, acrescentando ainda, que os casamentos realizados nas Igrejas de Búzios, geram empregos.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2017/03/06/turismo-e-meio-ambiente-sao-temas-do-ciclo-de-palestras-do-sindsol/

 

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Palestra em Búzios sobre paisagismo urbano e diversidade vegetal da Região dos Lagos  

Megaoperação policial desmantela império do tráfico do Comando Vermelho em Búzios e outras cidades do país

Debate público sobre sustentabilidade terá presença de Marina Silva em Macaé

Búzios inicia vacinação contra a dengue para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos