NOVEMBRO AZUL

Búzios atrasa pagamento do PROEIS


Não haverá contingente para o feriado de Finados. O PROEIS visa criar ações para atender diretrizes traçadas em decreto

Búzios não contará com os policiais Militares que atuam no município por meio do convênio com o Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS) entre os dias 2 e 8 de novembro. O motivo é o atraso no pagamento, deixado pela gestão do então prefeito André Granado (MDB), afastado em 21 de Outubro.

A manutenção do programa no município é condicionada ao pagamento dos montantes dentro do prazo estipulado. A suspensão ocorre após dois meses de atraso.

Em nota, a Prefeitura de Búzios afirma que enviou à Câmara o projeto de lei ordinária para suplementação da verba necessária à efetuação deste pagamento, e que o Executivo espera concluir nos próximos dias. Disse ainda que caso o programa seja suspenso, será retomado em seguida.

O PROEIS foi criado durante o governo de Sérgio Cabral (MDB) e tem como objetivo criar ações específicas, determinadas pelo Comando-Geral da PMERJ com base em convênios firmados entre o Estado e os municípios do Estado do Rio de Janeiro, com vistas a atender às diretrizes, e objetivos traçados em decreto.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários

Windows Lizenz Windows 10 Lizenz Office 2019 Lizenz Kaufen Office 365 kaufen Windows 10 Home kaufen Office 2016 kaufen windows 10 satın al