Menu

Cidades

Buzianos temem o fim do ensino médio municipal, mas Prefeitura afirma que o ensino continuará

paulo-freire-buzios

Um grupo de professores teria descoberto que há um inquérito no MP, que poderia reduzir as vagas na Escola Paulo Freire

 

Thaiany Pieroni

 

 

 

paulo-freire-buzios
Colégio Paulo Freire, em Búzios atende alunos do ensino médio normal e com formação de professores

A Prefeitura de Búzios, por meio da secretaria de educação, tranquilizou alunos, pais e professores da Escola Municipal Paulo Freire, que estariam temorosos com a informação de que a Escola Paulo Freira poderia reduzir o número de vagas oferecidas para o Ensino Médio. Mesmo assim, um grupo foi formado para garantir essa promessa.

            A tensão iniciou na última semana, quando começou a circular pelo município a informação de que um inquérito foi aberto no Ministério Público cobrando a prefeitura a ampliar a oferta de vagas para a creche e questionando o investimento no Ensino Médio, que teoricamente não é de responsabilidade do município. Neste inquérito há um ofício, enviado pela SEME (Secretaria de Educação), na data de 16 de maio deste ano, informando que gradativamente irá diminuir a oferta de vaga para o Ensino Médio.

            Diante dessas informações houve uma grande mobilização da comunidade. Entre as ações, foi realizada uma reunião com o Conselho Municipal de Educação, onde foi afirmado pela secretaria de educação, que essa redução não procede, e que o município continuará oferecendo uma educação de qualidade para os estudantes.

            No dia seguinte, uma nova reunião foi realizada com membros da União dos Estudantes de Armação de Búzios, pais e professores, onde ficou decidido que eles iriam procurar o poder legislativo para que seja criada uma emenda à Lei Orgânica do Município para garantir a oferta do Ensino Médio pela prefeitura. A situação está sendo avaliada pela vereadora Joice Costa, o vereador Messias Carvalho e a procuradoria da Câmara.

Próximo passo – Na próxima quinta-feira, 17, haverá uma reunião, às 18h, com intuito de informar a população as informações obtidas até então e avaliar medidas e ações que possam ser realizadas para mostrar aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário o desejo da comunidade na continuidade do Ensino Médio proporcionado pela Prefeitura.

Sobre a importância do Ensino Médio Municipal – De acordo com a população, Búzios tem uma demanda muito grande para o Ensino Médio, atualmente o Paulo Freire só tem vagas disponíveis a noite, enquanto o INEF tem seis turmas cheias e o Botas também está lotado. Com essa possível redução ou mesmo extinção da vagas no colégio Paulo Freire, além da dificuldade para atender o ensino médio normal, acabariam com as vagas para Curso de Formação de Professores, que há mais de 10 anos abastece a rede municipal com profissionais buzianas, atendendo a demanda de professores.

Além disso, o grupo alega que o Estado está falido, com escolas sucateadas, professores vivendo um grande problema financeiro, greves, falta de profissionais e que deixar o ensino dos jovens Buzianos nas mãos deste poder seria uma “catástrofe sem precedentes”.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Deputada Marina do MST e Cepro realizam reunião em Rio das Ostras para discutir temas sociais urgentes

Búzios é finalista no prêmio Melhores do ano da gastronomia 2024

Búzios recebe o 3º Encontro de Numismática de 24 a 25 de maio

Agenda cultural do fim de semana na Região dos Lagos