Menu

Cidades

Ator de Piratas do Caribe morou em Búzios

O ator espanhol Javier Bardem, ganhador de duas estatuetas do Oscar, e que interpreta o capitão morto-vivo em Piratas do Caribe: “A Vingança de Salazar”, que estreia no Brasil nesta quinta-feira (25), contou em entrevista a revista Época que morou no Brasil na década de 90, mais precisamente em Búzios.

“É. Em Búzios, no Rio. Na minha juventude, meu irmão teve um bar lá, chamado A Ruína. Adoro o Brasil, que visitei tantas vezes. Conheço Salvador, Maceió, Recife, Natal, São Paulo e Brasília. A minha temporada ajudando o meu irmão em Búzios durou até o dinheiro acabar. Nós gastávamos tudo o que ganhávamos (risos)”, contou o talentoso ator que, por falar espanhol, era chamado muitas vezes de argentino no balneário.

Javier
Javier é o mostrengo ao fundo. Piratas do Caribe está sendo considerado o primeiro filme comercial interpretado pelo ator.

Quando Javier chegou a Búzios estava, por acaso, passando no Gran Cine Bardot, o filme ” Huevos de Oro”, em que ele atuava. É claro que Marcelo Lartigue, lendário editor do saudoso O Perú Molhado, não deixou isso passar batido.  Fotografou Javier segurando os culhões e pôs na capa do Perú: “O Homem dos ovos de ouro”, dizia a chamada.  Esta edição causou muita confusão – se tratando do Perú nenhuma novidade, porque saiu  justamente no dia internacional da mulher e houve protestos feministas na cidade.

Um dos fundadores do Prensa, Sandro Peixoto,  que foi repórter do Perú por 12 anos, conta que era frequentador assíduo do A Ruína.

“Eu frequentemente lá, e inclusive, uma vez tive que brigar com a polícia porque um vizinho reclamou do som alto. Lá também tinha um gerente chamado Alejandro, que era argentino, o outro chamado Vicente, que era Basco, estavam recém-chegados em Búzios, então tive de ajuda-los para que não se encrencassem. O irmão do Javier Bardem se chamava Fernando. Essa turma era de Madrid, acho.”, disse saudosista o  jornalista Peixoto, que ainda comentou que nesse período  tentou-se fazer uma intercambio Madrid –Búzios. Pelo visto não deu certo.

Leia a entrevista na integra.

Curiosidade

Até hoje muitos confundem, mas o vilão Negan, de The Walking Dead, não é interpretado por Javier Bardem, e sim pelo ator Jeffrey Dean Morgan. Mas realmente os dois são extremamente parecidos!

Ator de Piratas do Caribe morou em Búzios

O ator espanhol Javier Bardem, ganhador de duas estatuetas do Oscar, e que interpreta o capitão morto-vivo em Piratas do Caribe: “A Vingança de Salazar”, que estreia no Brasil nesta quinta-feira (25), contou em entrevista a revista Época que morou no Brasil na década de 90, mais precisamente em Búzios.

“É. Em Búzios, no Rio. Na minha juventude, meu irmão teve um bar lá, chamado A Ruína. Adoro o Brasil, que visitei tantas vezes. Conheço Salvador, Maceió, Recife, Natal, São Paulo e Brasília. A minha temporada ajudando o meu irmão em Búzios durou até o dinheiro acabar. Nós gastávamos tudo o que ganhávamos (risos)”, contou o talentoso ator que, por falar espanhol, era chamado muitas vezes de argentino no balneário.

Javier
Javier é o mostrengo ao fundo. Piratas do Caribe está sendo considerado o primeiro filme comercial interpretado pelo ator.

Quando Javier chegou a Búzios estava, por acaso, passando no Gran Cine Bardot, o filme ” Huevos de Oro”, em que ele atuava. É claro que Marcelo Lartigue, lendário editor do saudoso O Perú Molhado, não deixou isso passar batido.  Fotografou Javier segurando os culhões e pôs na capa do Perú: “O Homem dos ovos de ouro”, dizia a chamada.  Esta edição causou muita confusão – se tratando do Perú nenhuma novidade, porque saiu  justamente no dia internacional da mulher e houve protestos feministas na cidade.

Um dos fundadores do Prensa, Sandro Peixoto,  que foi repórter do Perú por 12 anos, conta que era frequentador assíduo do A Ruína.

“Eu frequentemente lá, e inclusive, uma vez tive que brigar com a polícia porque um vizinho reclamou do som alto. Lá também tinha um gerente chamado Alejandro, que era argentino, o outro chamado Vicente, que era Basco, estavam recém-chegados em Búzios, então tive de ajuda-los para que não se encrencassem. O irmão do Javier Bardem se chamava Fernando. Essa turma era de Madrid, acho.”, disse saudosista o  jornalista Peixoto, que ainda comentou que nesse período  tentou-se fazer uma intercambio Madrid –Búzios. Pelo visto não deu certo.

Leia a entrevista na integra.

Curiosidade

Até hoje muitos confundem, mas o vilão Negan, de The Walking Dead, não é interpretado por Javier Bardem, e sim pelo ator Jeffrey Dean Morgan. Mas realmente os dois são extremamente parecidos!

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

ONC Care da Hill’s traz nutrição de apoio para pets em tratamento oncológico

Projetos de pesquisa do câncer recebem prêmio internacional

São Paulo sedia Campeonato Brasileiro de Remo Master

Especialista alerta sobre novo golpe dos precatórios

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.