Menu

Cidades

André e Andrezinho Ceciliano emocionam cinema lotado durante prestação de contas anual

andré ceciliano

Paracambienses e autoridades políticas de diversos municípios do estado do Rio lotaram o Cinema Imperial, na cidade de Paracambi, neste domingo (03/12) durante o evento de prestação de contas do deputado estadual Andrezinho Ceciliano (PT) e seu pai, André Ceciliano, secretário especial de Assuntos Federativos do Ministério das Relações Institucionais do Governo Federal. O evento também foi marcado pelo lançamento não-oficial da pré-candidatura de Andrezinho à prefeitura da cidade em 2023.

“Eu entendi que o meu caminho é a política porque a política é o caminho para mudar a vida das pessoas. Foi através dela que eu vi a cidade onde eu nasci se transformar”, comentou Andrezinho, que propôs levar para a cidade o modelo de moeda social implementado em Maricá, a Mumbuca.

O local escolhido para apresentar os resultados do ano para população é repleto de simbolismo. O cinema foi comprado em 1994 pelo pai, André Ceciliano, e foi ali, onde ele promovia sessões gratuitas para quem não podia pagar, que se tornou um popular na cidade e o catapultou para a vida política. Desde 1998, André pai foi eleito prefeito de Paracambi duas vezes e quatro vezes deputado estadual.

“É um orgulho para mim apresentar para a população os resultados do nosso trabalho em um lugar que é tão importante para a nossa família. Estar ao lado do meu filho é uma emoção muito grande. Fui autor de mais de 430 leis como deputado estadual, mas não alcancei feitos como o dele no meu primeiro ano de mandato”, confessou Ceciliano.

Em seu primeiro ano como deputado estadual, Andrezinho, o mais jovem parlamentar da Alerj, já aprovou 13 leis (de sua autoria e em co-autoria), apresentou 85 Projetos de Lei e destinou recursos para diversos municípios, incluindo Paracambi, através de emendas no orçamento estadual. O deputado também foi responsável por importantes articulações em Brasília que garantiram, por exemplo, a transferência dos beneficiários do Supera RJ para o Bolsa Família.

“O programa foi extinto pelo Governo do Estado este ano. De acordo com Rosângela Gomes, secretaria estadual de Assistência Social, que participou das nossas reuniões em Brasília, mais de 80% das 65 mil famílias já foram transferidas para o Bolsa Família”, comentou Andrezinho.

Prefeito melhor avaliado da história de Paracambi (2001-2009), André Ceciliano se emocionou ao falar sobre o filho estar seguindo seus passos.

“Só posso desejar que você continue sendo essa pessoa carinhosa, atenciosa e estudiosa. Quando se é assim, não tem como não dar certo. Você tem esses predicados e essas qualidades, mas também precisa se cercar de pessoas boas. Ninguém faz nada sozinho”, aconselhou.

Presidente estadual do PT no estado do Rio de Janeiro, João Maurício reforçou o apoio do partido à candidatura de Andrezinho como prefeito.

“Andrezinho é sensível e está atento ao que Paracambi precisa. Com essa cinema lotado, não tem como essa cidade eleger outro prefeito que não o Andrezinho Ceciliano”, disse.

Articulação com municípios em Brasília

Durante o evento, André Ceciliano resumiu um ano de trabalho à frente da Secretaria de Assuntos Federativos.

Um dos projetos de maior destaque é a Caravana Federativa, que leva aos estados e municípios representantes dos ministérios e autarquias, que oferecem atendimento personalizado às prefeituras. Ao longo de 2023, foram cerca de 15 mil atendimentos realizados nas cinco regiões do país.

“Minha secretaria não tem dinheiro para dar pra ninguém, a gente pega a bola quadrada, deixa ela redonda e coloca na linha do pênalti”, comentou o secretário.

Autoridades prestigiam “Andrés”\

Durante o evento, os convidados também relembraram a história de Paracambi sob a gestão de André Ceciliano. O petista foi responsável por fazer uma revolução na cidade, através da criação da Fábrica do Conhecimento, por exemplo.

“André e Andrezinho são duas figuras que têm tudo a ver com a Baixada, com Paracambi, com o Rio de Janeiro e o Brasil. Andrezinho é jovem, mas já tem, nesse pouco tempo de atuação, uma voz e uma ação permanente pelo povo”, defendeu o prefeito de Maricá, Fabiano Horta.

Ceciliano também foi responsável por erradicar o analfabetismo entre as crianças e jovens da cidade e por ampliar a rede de Saúde com 21 postos de atendimento.

“O que esperar do filho de André? É o cuidado com as pessoas, é o desenvolvimento e a grandeza da política desse estado”, disse a prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco.

Outro marco importante foi o fechamento do Hospital Psiquiátrico Dr. Eiras, uma das muitas ações que ainda são lembradas pela população paracambiense, sobretudo pelos ex-pacientes da instituição.

“Nossas cidades são vizinhas e nós vimos a transformação que o André fez aqui com seu olhar humanizado e suas políticas sensíveis. Andrezinho, a cidade precisa da continuação desse legado, Paracambi precisa de você”, disse a prefeita de Japeri, Fernanda Ontiveros.

O evento também contou com a participação de Jorge Florêncio, dirigente nacional do PT; os vereadores de Paracambi Kaku, Dário Braga e João Victor Monfardini; o ex-prefeito de Paracambi Délio Leal; os vereadores de Japeri Cristiano Pingin e Ziel Pavani; e o ex-deputado estadual André Lazaroni.

Fotos: Anderson Coutinho e Antonio Pinheiro

André e Andrezinho Ceciliano emocionam cinema lotado durante prestação de contas anual

andré ceciliano

Paracambienses e autoridades políticas de diversos municípios do estado do Rio lotaram o Cinema Imperial, na cidade de Paracambi, neste domingo (03/12) durante o evento de prestação de contas do deputado estadual Andrezinho Ceciliano (PT) e seu pai, André Ceciliano, secretário especial de Assuntos Federativos do Ministério das Relações Institucionais do Governo Federal. O evento também foi marcado pelo lançamento não-oficial da pré-candidatura de Andrezinho à prefeitura da cidade em 2023.

“Eu entendi que o meu caminho é a política porque a política é o caminho para mudar a vida das pessoas. Foi através dela que eu vi a cidade onde eu nasci se transformar”, comentou Andrezinho, que propôs levar para a cidade o modelo de moeda social implementado em Maricá, a Mumbuca.

O local escolhido para apresentar os resultados do ano para população é repleto de simbolismo. O cinema foi comprado em 1994 pelo pai, André Ceciliano, e foi ali, onde ele promovia sessões gratuitas para quem não podia pagar, que se tornou um popular na cidade e o catapultou para a vida política. Desde 1998, André pai foi eleito prefeito de Paracambi duas vezes e quatro vezes deputado estadual.

“É um orgulho para mim apresentar para a população os resultados do nosso trabalho em um lugar que é tão importante para a nossa família. Estar ao lado do meu filho é uma emoção muito grande. Fui autor de mais de 430 leis como deputado estadual, mas não alcancei feitos como o dele no meu primeiro ano de mandato”, confessou Ceciliano.

Em seu primeiro ano como deputado estadual, Andrezinho, o mais jovem parlamentar da Alerj, já aprovou 13 leis (de sua autoria e em co-autoria), apresentou 85 Projetos de Lei e destinou recursos para diversos municípios, incluindo Paracambi, através de emendas no orçamento estadual. O deputado também foi responsável por importantes articulações em Brasília que garantiram, por exemplo, a transferência dos beneficiários do Supera RJ para o Bolsa Família.

“O programa foi extinto pelo Governo do Estado este ano. De acordo com Rosângela Gomes, secretaria estadual de Assistência Social, que participou das nossas reuniões em Brasília, mais de 80% das 65 mil famílias já foram transferidas para o Bolsa Família”, comentou Andrezinho.

Prefeito melhor avaliado da história de Paracambi (2001-2009), André Ceciliano se emocionou ao falar sobre o filho estar seguindo seus passos.

“Só posso desejar que você continue sendo essa pessoa carinhosa, atenciosa e estudiosa. Quando se é assim, não tem como não dar certo. Você tem esses predicados e essas qualidades, mas também precisa se cercar de pessoas boas. Ninguém faz nada sozinho”, aconselhou.

Presidente estadual do PT no estado do Rio de Janeiro, João Maurício reforçou o apoio do partido à candidatura de Andrezinho como prefeito.

“Andrezinho é sensível e está atento ao que Paracambi precisa. Com essa cinema lotado, não tem como essa cidade eleger outro prefeito que não o Andrezinho Ceciliano”, disse.

Articulação com municípios em Brasília

Durante o evento, André Ceciliano resumiu um ano de trabalho à frente da Secretaria de Assuntos Federativos.

Um dos projetos de maior destaque é a Caravana Federativa, que leva aos estados e municípios representantes dos ministérios e autarquias, que oferecem atendimento personalizado às prefeituras. Ao longo de 2023, foram cerca de 15 mil atendimentos realizados nas cinco regiões do país.

“Minha secretaria não tem dinheiro para dar pra ninguém, a gente pega a bola quadrada, deixa ela redonda e coloca na linha do pênalti”, comentou o secretário.

Autoridades prestigiam “Andrés”\

Durante o evento, os convidados também relembraram a história de Paracambi sob a gestão de André Ceciliano. O petista foi responsável por fazer uma revolução na cidade, através da criação da Fábrica do Conhecimento, por exemplo.

“André e Andrezinho são duas figuras que têm tudo a ver com a Baixada, com Paracambi, com o Rio de Janeiro e o Brasil. Andrezinho é jovem, mas já tem, nesse pouco tempo de atuação, uma voz e uma ação permanente pelo povo”, defendeu o prefeito de Maricá, Fabiano Horta.

Ceciliano também foi responsável por erradicar o analfabetismo entre as crianças e jovens da cidade e por ampliar a rede de Saúde com 21 postos de atendimento.

“O que esperar do filho de André? É o cuidado com as pessoas, é o desenvolvimento e a grandeza da política desse estado”, disse a prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco.

Outro marco importante foi o fechamento do Hospital Psiquiátrico Dr. Eiras, uma das muitas ações que ainda são lembradas pela população paracambiense, sobretudo pelos ex-pacientes da instituição.

“Nossas cidades são vizinhas e nós vimos a transformação que o André fez aqui com seu olhar humanizado e suas políticas sensíveis. Andrezinho, a cidade precisa da continuação desse legado, Paracambi precisa de você”, disse a prefeita de Japeri, Fernanda Ontiveros.

O evento também contou com a participação de Jorge Florêncio, dirigente nacional do PT; os vereadores de Paracambi Kaku, Dário Braga e João Victor Monfardini; o ex-prefeito de Paracambi Délio Leal; os vereadores de Japeri Cristiano Pingin e Ziel Pavani; e o ex-deputado estadual André Lazaroni.

Fotos: Anderson Coutinho e Antonio Pinheiro

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

BYD Introduz Novo Portfólio de Energia no The smarter E Europe e Comemora 1 Milhão de Sistemas Batterybox Instalados

Empresa explica sobre como evitar a queda de tensão

Nova UTI pediátrica eleva o padrão de atendimento do ICIA

Plataforma gratuita e digital conecta empresas e refugiados a ofertas de emprego

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.