Menu

Cidades

Andamento da Clínica Beija-Flor em Búzios deixa moradores decepcionados

Com a promessa de estar funcionando integralmente nesta terça-feira (2), a clínica quebra a expectativa dos responsáveis por crianças PCD
Divulgação
Divulgação

Inaugurada no dia 12 de março, a Clínica Beija-Flor, localizada no bairro São José, em Búzios, tem o intuito de cuidar da saúde mental de crianças e adolescentes, com ênfase no atendimento a portadores de Transtorno do Espectro Autista (ETA). No entanto, as expectativas para o local não estão sendo cumpridas. Com muito pesar, os responsáveis por crianças PCD questionam a falta de fornecimento dos serviços prometidos.

Segundo o atual Coordenador da Rede de Atenção Psicossocial do município, Thiago Lins, a previsão era de que até esta terça-feira (2), quando é comemorado o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, os serviços já estariam em funcionamento. Infelizmente, a promessa não aconteceu. Os atendimentos de Psicologia e Fonoaudiologia, que iriam ser instaurados até a data estipulada, seguem sem funcionar no local. Além disso, outros atendimentos básicos estão indisponíveis até o momento e a sala de recreação permanece praticamente vazia.

Segundo Belen Barrioga, uma das lideranças do grupo Por Nossos Filhos, até o momento, o único serviço oferecido no local é o de neuropediatra, sendo inclusive realizado pela mesma profissional que atendia em outro local. O espaço destinado à recreação das crianças tem pouquíssimos brinquedos, e a maioria dos jogos, segundo ela, são inadequados para crianças PCD.

Outro ponto relevante destacado pelos assistidos da clínica é a falta de preparo com PCDs de outras faixa etária. Entre as medidas propostas pela Clínica Beija-Flor, nenhuma delas inclui assistência a adolescentes e adultos com alguma condição.

“As crianças que hoje são crianças, amanhã são adolescentes e depois de amanhã são adultos. E o município não está preparado para eles, de jeito nenhum”, relata Belen, com muita frustração.

A equipe da Prensa buscou os responsáveis pelo espaço para questionar o andamento dos serviços, mas não obteve respostas. No entendimento dos envolvidos, mais uma vez, o município falhou com os moradores e decepcionou a cidade. Tendo em vista a proximidade com as eleições suplementares, marcadas para o dia 28 de abril, o questionamento de muitos responsáveis segue o mesmo – quando o governo vai realmente se preocupar com as demandas da cidade de maneira contínua.

Andamento da Clínica Beija-Flor em Búzios deixa moradores decepcionados

Com a promessa de estar funcionando integralmente nesta terça-feira (2), a clínica quebra a expectativa dos responsáveis por crianças PCD
Divulgação
Divulgação

Inaugurada no dia 12 de março, a Clínica Beija-Flor, localizada no bairro São José, em Búzios, tem o intuito de cuidar da saúde mental de crianças e adolescentes, com ênfase no atendimento a portadores de Transtorno do Espectro Autista (ETA). No entanto, as expectativas para o local não estão sendo cumpridas. Com muito pesar, os responsáveis por crianças PCD questionam a falta de fornecimento dos serviços prometidos.

Segundo o atual Coordenador da Rede de Atenção Psicossocial do município, Thiago Lins, a previsão era de que até esta terça-feira (2), quando é comemorado o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, os serviços já estariam em funcionamento. Infelizmente, a promessa não aconteceu. Os atendimentos de Psicologia e Fonoaudiologia, que iriam ser instaurados até a data estipulada, seguem sem funcionar no local. Além disso, outros atendimentos básicos estão indisponíveis até o momento e a sala de recreação permanece praticamente vazia.

Segundo Belen Barrioga, uma das lideranças do grupo Por Nossos Filhos, até o momento, o único serviço oferecido no local é o de neuropediatra, sendo inclusive realizado pela mesma profissional que atendia em outro local. O espaço destinado à recreação das crianças tem pouquíssimos brinquedos, e a maioria dos jogos, segundo ela, são inadequados para crianças PCD.

Outro ponto relevante destacado pelos assistidos da clínica é a falta de preparo com PCDs de outras faixa etária. Entre as medidas propostas pela Clínica Beija-Flor, nenhuma delas inclui assistência a adolescentes e adultos com alguma condição.

“As crianças que hoje são crianças, amanhã são adolescentes e depois de amanhã são adultos. E o município não está preparado para eles, de jeito nenhum”, relata Belen, com muita frustração.

A equipe da Prensa buscou os responsáveis pelo espaço para questionar o andamento dos serviços, mas não obteve respostas. No entendimento dos envolvidos, mais uma vez, o município falhou com os moradores e decepcionou a cidade. Tendo em vista a proximidade com as eleições suplementares, marcadas para o dia 28 de abril, o questionamento de muitos responsáveis segue o mesmo – quando o governo vai realmente se preocupar com as demandas da cidade de maneira contínua.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Parceria avança diagnósticos com IA no setor de saúde

Casamento de Luma Grothe e Daniel Turtel em Búzios destaca o potencial internacional do destino

Curtas do MegaCities ShortDocs apontam caminhos solidários

Pilotos de Fórmula Truck abrem mão de patrocínios para ajuda

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.