Acidente entre micro-ônibus da Prefeitura de Cabo Frio e caminhão deixa uma pessoa morta e 25 feridas

O caso aconteceu na manhã desta quinta (5), por volta das 5h, em Rio Bonito

PROLAGOS 300_250_pix

Um micro-ônibus que realizava o transporte de pacientes em Tratamento Fora do Domicílio (TFD), à serviço da Secretaria de Saúde de Cabo Frio, bateu na traseira de caminhão na manhã desta quinta-feira (5), às 5h37, no km 9, da RJ-124 (ViaLagos), na altura do município de Rio Bonito, na pista sentido Rio. Com o impacto, o motorista do micro-ônibus morreu no local e 25 pacientes ficaram feridos, sem gravidade.

As informações são da assessoria da concessionária que administra a rodovia, que junto com o Corpo de Bombeiros e Samu realizou os primeiros atendimentos. As vítimas foram levadas para o Hospital Estadual Darcy Vargas, em Rio Bonito.

A assessoria do Hospital confirmou que os feridos foram encaminhados para a unidade e que nenhum deles corre risco de morte, apenas um está em estado mais grave. Alguns devem ficar internados, mas a maioria sofreu ferimentos leves e aos poucos já está sendo liberado.

Segundo a Prefeitura de Cabo Frio, uma equipe da Secretaria de Saúde está no local e o prefeito José Bonifácio está a caminho.

A perícia está no local do acidente, e a previsão da concessionária é que daqui a pouco a pista será liberada. Não houve retenção porque a ViaLagos tem duas pistas para cada sentido e o trânsito é tranquilo nesse horário.

Atualização às 11h58

A Prefeitura de Cabo Frio informou no final da manhã desta quinta (5) que 26 pessoas estavam no ônibus no momento do acidente. Dos ocupantes, 14 eram pacientes, dez acompanhantes, um motorista e um monitor. O motorista Edilson Alves da Silva, de 56 anos, morreu no momento do acidente. Os passageiros e o monitor foram encaminhados para o Hospital Darcy Vargas, em Rio Bonito. Oito pacientes já receberam alta. 

Ainda segundo o governo municipal, desde o momento do acidente, uma equipe da Secretaria de Saúde, da Assistência Social e o prefeito José Bonifácio se dirigiram ao local. A Prefeitura enviou um médico, cinco ambulâncias e um ônibus para o traslado dos pacientes de volta para Cabo Frio. O município disse que lamenta profundamente o ocorrido e fornecerá toda a assistência necessária aos passageiros, funcionários e seus familiares.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários