Menu

Cidades

Suspeita de morte por febre amarela em Maricá

UPA de Inoâ, em Maricá, onde o paciente com febre amarela foi internado antes de ser transferido para o Evandro Chagas no Rio
UPA de Inoâ, em Maricá, onde o paciente com febre amarela foi internado antes de ser transferido para o Evandro Chagas no Rio
mapa-marica-bz
Maricá fica a 108,8Km de Cabo Frio/ 129,5 Km de Búzios e 162,5 Km de Macaé

Da redação 

Confirmada a morte de paciente com suspeita de febre amarela em  Maricá, região metropolitana do Rio. O paciente morreu na madrugada de quarta-feira (19) no Hospital Evandro Chagas, Da Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), na capital, para onde havia sido transferido  na terça-feira (18).  Era morador do bairro Bananal, na zona rural de Maricá,  e antes da transferência para o Evandro Chagas estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Inoã, com quadro suspeito de febre amarela transmitida pelo vetor silvestre da doença.

A prefeitura de Maricá informou que  amostras de sangue foram colhidas antes da remoção do paciente e enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro (Lacen), do estado, e ao laboratório da Fiocruz, que faz a testagem específica para a febre amarela. O caso é considerado suspeito da doença até que os resultados dos exames sejam conhecidos. Nesta quinta-feira (19) a prefeitura começou uma vacinação de bloqueio nas áreas rurais próximas ao bairro onde o paciente vivia. A medida integra o protocolo de atuação da Secretaria de Saúde local. Por causa da suspeita de morte por febre amarela, a proteção será intensificada em oito bairros rurais: Espraiado, Jaconé, Ponta Negra, Bambuí, Bananal, Manoel Ribeiro, Marinelândia e Guaratiba. Além disso, será manida a vacinação no posto central da cidade, com prioridade para pessoas que estejam em deslocamento para áreas de endemia.

Importante 

Os casos de febre amarela confirmados no Rio de Janeiro e nos demais estados do país estão sendo transmitidos pelo vetor silvestre da doença, sem registros de transmissão urbana até agora.

Saiba mais

Com confirmação do primeiro caso de febre amarela em São Pedro da Aldeia faz fila por vacinação triplicar no município

Com confirmação do primeiro caso de febre amarela em São Pedro da Aldeia faz fila por vacinação triplicar no município

Terceiro caso de febre amarela é confirmado em Casimiro de Abreu

 

10 casos confirmados no estado do Rio de Janeiro 

fiocruz-rio
Sede da Fiocruz

Em todo o estado do Rio de Janeiro, 10 casos de febre amarela foram confirmados este ano, sete deles no município de Casimiro de Abreu, com uma morte. Os outros três ocorreram em São Fidélis, São Pedro da Aldeia e Porciúncula, também com uma morte, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado nessa terça-feira pela Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro.

Em três  localidades do estado foram confirmados casos de febre amarela em macacos: Macaé, São Sebastião do Alto e Campos dos Goytacazes.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2017/04/10/fiocruz-confirma-que-macaco-encontrado-morto-em-macae-tinha-febre-amarela/

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Cinco membros da Loja Maçônica de Búzios foram elevados ao grau de Mestre

Lançada segunda edição em espanhol de “Búzios Espiritualidade” na Feira do Livro de Buenos Aires

Flower no Tawa Beach celebra os anos de 1970 a 1990 com a DJ Help

Moradores de Manguinhos terão 30 dias para conectar-se à rede de esgoto