Menu

Cidades

Com experiências, salões movimentam milhões na economia

Com experiências, salões movimentam milhões na economia
Com experiências, salões movimentam milhões na economia

O Brasil é o quarto maior mercado de beleza do mundo. O reflexo desse cenário vem recaindo cada vez mais na recuperação econômica do país pós-crise da covid-19. Nos últimos anos, segundo a ABIHPEC, setor o cresceu 560% e chamou a atenção de novos empreendedores. Só no ano passado, por dia, foram criados mais de 524 novos estabelecimentos, de acordo com dados no SEBRAE.

Com tanta concorrência, a pergunta que merece atenção é: como atrair o olhar dos clientes e manter o caixa positivo? Em São Paulo, onde há a maior concentração de novos espaços de beleza, investir na experiência no atendimento dos consumidores virou a palavra-chave para manter a agenda cheia.

Um exemplo positivo é o You Hair Concept, liderado pela empresária Bruna Castro, que ganhou os holofotes na zona Oeste da capital paulista por ir além de serviços básicos. “O cliente não quer só fazer uma escova, ele busca atendimento personalizado e deseja se sentir no conforto de casa”, revela Bruna.

De acordo com a empreendedora, o novo modelo de atendimento fez seu faturamento sair do negativo e atingir cerca de R$ 4,5 milhões/ano. “Transformei um salão falido em um negócio de sucesso”, revela, após festejar cinco anos do espaço com grande festa.

Para não ficar para trás, Bruna afirma que vai inaugurar novos espaços em bairros estratégicos da cidade e ainda ampliar suas operações. “Além de investir em infraestrutura, quem quer ganhar espaço nesse segmento precisa valorizar muito os profissionais, se planejar e fazer parcerias com marcas para projetos educacionais”, finaliza.

Outro fator que fortalece o movimento positivo do setor é a influência da Lei Salão Parceiro, de 2016, que flexibilizou o mercado e a oportunidade de os empreendedores crescerem com o passar do tempo. Por outro lado, o empoderamento e a autoafirmação por meio da beleza também fortalecem a recuperação do mercado.

Segundo pesquisa da McKinsey Global Institute, após uma forte recuperação desde o auge da pandemia de covid-19, a previsão é que o mercado de beleza atinja cerca de US$ 580 bilhões até 2027, crescendo 6% ao ano.

Com experiências, salões movimentam milhões na economia

Com experiências, salões movimentam milhões na economia
Com experiências, salões movimentam milhões na economia

O Brasil é o quarto maior mercado de beleza do mundo. O reflexo desse cenário vem recaindo cada vez mais na recuperação econômica do país pós-crise da covid-19. Nos últimos anos, segundo a ABIHPEC, setor o cresceu 560% e chamou a atenção de novos empreendedores. Só no ano passado, por dia, foram criados mais de 524 novos estabelecimentos, de acordo com dados no SEBRAE.

Com tanta concorrência, a pergunta que merece atenção é: como atrair o olhar dos clientes e manter o caixa positivo? Em São Paulo, onde há a maior concentração de novos espaços de beleza, investir na experiência no atendimento dos consumidores virou a palavra-chave para manter a agenda cheia.

Um exemplo positivo é o You Hair Concept, liderado pela empresária Bruna Castro, que ganhou os holofotes na zona Oeste da capital paulista por ir além de serviços básicos. “O cliente não quer só fazer uma escova, ele busca atendimento personalizado e deseja se sentir no conforto de casa”, revela Bruna.

De acordo com a empreendedora, o novo modelo de atendimento fez seu faturamento sair do negativo e atingir cerca de R$ 4,5 milhões/ano. “Transformei um salão falido em um negócio de sucesso”, revela, após festejar cinco anos do espaço com grande festa.

Para não ficar para trás, Bruna afirma que vai inaugurar novos espaços em bairros estratégicos da cidade e ainda ampliar suas operações. “Além de investir em infraestrutura, quem quer ganhar espaço nesse segmento precisa valorizar muito os profissionais, se planejar e fazer parcerias com marcas para projetos educacionais”, finaliza.

Outro fator que fortalece o movimento positivo do setor é a influência da Lei Salão Parceiro, de 2016, que flexibilizou o mercado e a oportunidade de os empreendedores crescerem com o passar do tempo. Por outro lado, o empoderamento e a autoafirmação por meio da beleza também fortalecem a recuperação do mercado.

Segundo pesquisa da McKinsey Global Institute, após uma forte recuperação desde o auge da pandemia de covid-19, a previsão é que o mercado de beleza atinja cerca de US$ 580 bilhões até 2027, crescendo 6% ao ano.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Saúde suplementar é tema de treinamento jurídico

World Trail Races retorna a Arraial do Cabo pela nona vez

Últimos dias: Mutirão da Catarata tem inscrições somente até o dia 20 de junho

Sindsol Búzios Celebra 28 Anos de História

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.