“Queremos atender três mil famílias até o final do ano e dez mil até o fim do governo”, disse Bonifácio sobre moeda social Itajuru

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Prefeito de Cabo Frio participou do lançamento do programa social de renda básica no bairro Maria Joaquina, no distrito de Tamoios, nesta sexta-feira (29)

Os moradores do bairro Maria Joaquina, em Tamoios, distrito de Cabo Frio, foram contemplados, nesta sexta-feira (29), com a moeda social Itajuru, que faz parte do programa social de renda básica da Secretaria Municipal de Assistência Social. Ao todo, 500 famílias foram beneficiadas com os cartões durante o evento de lançamento na praça principal do bairro.

A solenidade contou com a presença do prefeito José Bonifácio, da secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti, do coordenador do Programa Moeda Social Itajuru, Adriano Brisola, representantes do município e lideranças de Cabo Frio e de Búzios, como o vereador Raphael Braga, além da apresentação do grupo Tambores Urbanos.

Grupo Tambores Urbanos levou música para o evento. Foto Matheus Coutinho.

“Essa é a terceira fase de expansão do programa, nós começamos pelo Manoel Corrêa, depois nos bairros Monte Alegre, Boca do Mato, Porto do Carro e adjacências, e agora Maria Joaquina. A moeda Itajuru vai injetar R $100 mil no comércio local. Hoje mil e quinhentas famílias recebem esse benefício no município, até o fim do ano, nossa expectativa é chegar a três mil famílias e, até o fim do mandato, dez mil. E esse valor vai acompanhar a inflação. No mês de outubro, quando o programa comemora um ano, o valor terá um aumento de 10% e passará para R $220. Então, os moradores vão receber novembro já com aumento. A secretária de Fazenda não está aí não, né? Ela vai ficar louca quando souber que eu estou anunciando isso”, brincou o prefeito enquanto discursava.

Publicidade
Ao todo, 500 famílias foram beneficiadas com a moeda social nesta sexta-feira (29).

A secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti, também discursou. “Essa moeda é uma sensibilidade do programa de governo por trazer para as comunidades mais carentes um benefício que vai dar dignidade aos moradores. Parabéns por entender que essas pessoas precisam de uma política pública sustentável que vai trazer, ao longo do tempo, melhor qualidade de vida”, disse ela.

O coordenador, Adriano Brisola, falou sobre a expansão do programa. “O programa social é um sucesso, e nós precisamos chegar a quem de fato precisa. Hoje nós chegamos à Maria Joaquina. Nós sabemos que em governos passados as pessoas ficaram de lado, mas graças a Deus o benefício chegou e chegou em boa hora, e a comunidade abraçou. Tenho certeza que vai fazer a diferença e vai ajudar um pouquinho na alimentação da população mais vulnerável”, disse Brisola.

Ana Alice Costa é artesã e quilombola. Foto Matheus Coutinho.

Os cartões carregados com o valor de 200 itajurus, que correspondem a quantia de R $200, foram entregues em ordem alfabética e puderam ser usados assim que os moradores tiveram acesso ao envelope. Durante a cerimônia, duas beneficiárias receberam os cartões simbólicos, representando a comunidade quilombola do bairro, Ana Alice Costa e Ana Lúcia da Conceição.  

“Pra mim foi muito bom receber essa moeda social. É uma ajuda, é um pouco que ajuda muito e vai fazer diferença na minha vida”, disse Ana Alice completando que vai usar o dinheiro somente para comprar alimento para sua família.

Ana Alice Costa e Ana Lúcia da Conceição receberam o cartão simbólico durante a solenidade. Foto Matheus Coutinho

Segundo a Prefeitura, a escolha dos locais para expansão do programa é feita com base em dados e relatórios desenvolvidos pela equipe de coordenação do programa, composta por técnicos da Superintendência da Proteção Social Básica, equipe responsável pelo Bolsa Família / Cadastro Único e Centros de Referência em Assistência Social (Cras), todos vinculados à Secretaria de Assistência Social de Cabo Frio.

Ainda de acordo com o governo municipal, de outubro de 2021, quando foi lançado, até abril de 2022, o programa de transferência de renda já movimentou R $766.334,90, e possui 78 estabelecimentos comerciais cadastrados. A maior parte da renda é usada para gêneros alimentícios (80%) e farmácia (8%).

Assista como foi a solenidade: https://www.instagram.com/p/CgnERb4u1dt/

Briga de território

Maria Joaquina fica no limite dos municípios de Cabo Frio e Búzios, e constantemente era motivo de briga política entre as duas cidades para ver quem deveria abraçar o território. Isso por causa da distância, muitos moradores usufruem dos serviços municipais do balneário, como saúde e educação. A última decisão judicial, que ocorreu em outubro de 2020, devolveu a Cabo Frio o território, selando o fim da disputa.

Raphael Braga marca presença no lançamento

Vereadores de Cabo Frio e Búzios estiveram no lançamento. Foto Matheus Coutinho.

O lançamento da moeda social reuniu diversas lideranças políticas de Cabo Frio e também de Búzios. Representando o balneário, o vereador do balneário, Raphael Braga, foi prestigiar a ação do município vizinho e parabenizou o município de Cabo Frio por esse olhar para o bairro Maria Joaquina.

“Maria Joaquina ficou abandonada durante muitos anos, são praticamente duas décadas e o povo precisa de uma atenção especial. Eu acredito que com a chegada da moeda Itajuru, esse programa de distribuição de renda, o bairro pode ter esperança que o município de Cabo Frio vai ter um olhar especial por Maria Joaquina. Eu torço por isso. Eu acredito muito no programa de moeda social, de transferência de renda, inclusive foi uma indicação minha em Búzios”, lembrou o parlamentar.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

DESEMPREGO

Setor de petróleo e gás em Macaé perde quase 17 mil empregos entre 2014 e 2022

Esporte e Meio Ambiente

Saquarema reúne atividades esportivas e preservação ambiental em um dos maiores festivais aquáticos

PRÊMIO DA ALERJ

Vereadora Iza Vicente será homenageada pela Alerj com o prêmio Dandara

META ALCANÇADA

Molon arrecada R$100 mil e atinge primeira meta da vaquinha virtual

ERRAMOS: Comunidade Quilombola de Baía Formosa, em Búzios, vai finalmente receber o direito às terras

TRISTEZA NA ALDEIA

Prefeitura de São Pedro da Aldeia confirma morte de frentista vítima de acidente em posto de combustível