Nova composição do Conselho Consultivo do PECS tem onze entidades de Búzios

0

Publicação foi divulgada pelo INEA nesta sexta (24)

PROLAGOS 300_250_pix

 O Instituto Estadual do Ambiente  (INEA) publicou no Diário Oficial do Estado do Rio, nesta sexta-feira (24), a nova composição do Conselho Consultivo do Parque Estadual da Costa do Sol – Anita Mureb (PECS) para o biênio 2021-2023. Das 36 entidades, onze são de Búzios. A cerimônia de posse ainda será marcada.

O Conselho Consultivo é formado por órgãos públicos e entidades da sociedade civil, e tem a finalidade de contribuir com ações voltadas à proteção e efetiva implantação das Unidades de Conservação administradas pelo Instituto Estadual do Ambiente.

As entidades de Búzios são: Área de Proteção Ambiental do Pau Brasil; Associação Civil Village Praia das Caravelas (ACVPC) e Associação de Moradores e Caseiros da Ferradura (AMOCA); Associação de Hotéis da Região de Búzios (AHB) e Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Armação dos Búzios (SINDSOL); Associação dos Remanescentes do Quilombo da Baía Formosa; Associação Raízes (Projeto NEA-BC); Instituto Ecológico Búzios Mata Atlântica (IEBMA); Prefeitura de Armação dos Búzios; e Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Armação dos Búzios (SERVBUZIOS). Veja a relação completa das entidades clicando aqui.

Sobre o Parque Estadual da Costa do Sol – Anita Mureb (PECS)

O arque Estadual da Costa do Sol – Anita Mureb (PECS) foi criado em 2011 e abrange parte dos diversos municípios da Região dos Lagos: Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Saquarema e São Pedro da Aldeia. O Parque tem uma área composta por 43 fragmentos, totalizando 9.841 hectares, e tem como objetivo assegurar a preservação dos remanescentes de Mata Atlântica e ecossistemas associados dessa região de baixadas litorâneas (restingas, mangues, lagoas, brejos, lagunas), possibilitando a recuperação das áreas já degradadas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.