Cabo Frio: 3° edição da Semana Sebastião Lan terá concurso de fotografias sobre cultura agrícola

Interessados em participar podem se inscrever até o dia 22 de julho

PROLAGOS 300_250_pix

Cabo Frio vai realizar a terceira edição da Semana Sebastião Lan, entre os dias 23 e 28 de julho. A programação será recheada de atividades virtuais e presenciais, na Fazendo Campos Novos, localizada na Estrada da Integração, em Tamoios. Para este ano a organização preparou um concurso de fotografias sobre cultura agrícola. As inscrições foram abertas na quarta-feira (14) e terminam no dia 22.

Podem ser inscritas fotográficas amadoras ou profissionais, porém, só é permitido uma foto por participante, que seja morador de Cabo Frio. O resultado será apresentado no último dia do evento.

Para se inscrever no concurso é necessário acessar este link. As imagens serão votadas pela população no Facebook da secretaria de Cultura de cabo Frio e os três primeiros colocados receberão prêmios de R$300, R$200 e R$100.

Além do concurso de fotografia, a programação conta com temas de recreação, gastronomia e saúde. Haverá debates, culinária de raiz, brincadeiras típicas das tradicionais festas julinas, músicas e conscientização sobre a Covid-19. O evento tem objetivo de movimentar a área rural e relembrar o personagem histórico do ruralista e percursor dos direitos do trabalhador rural no município.

PROGRAMAÇÃO

A primeira atividade presencial, no dia 23, das 9h às 12h, será uma ação social, no qual, terá aferição de pressão, medição de glicose, corte de cabelo, design de sobrancelha, consulta jurídica, consultoria contábil e arrecadação de alimentos e agasalhos. Além disso, o Projeto Empoderada estará com a ação Desapego Solidário, em atendimento a famílias com necessidades de roupas, calçados, cobertores e utensílios.

Pela tarde, às 17h, será exibido nas redes sociais da Prefeitura um vídeo oficial da abertura ao evento, e acontecerá o lançamento da Exposição Fotográfica “A terra lavada é uma esperança de vida melhor”. Das 18h às 22h, na sede do sindicato, acontece a abertura do Shopping Rural Elícia Ramos com feira agrícola, feira de artesanato, 1° Concurso Gastronômico do shopping Rural, ornamentação de festa Julina, pau de sebo, fogueira de São joão, quadrilha Julina, música ao vivo com Dedé carvalho e Trio Baiano e ainda terá arrecadação de alimentos e agasalhos.

No dia 24, a programação na Fazenda Campos Novos, será das 10h às 11h com uma missa para Sebastião Lan, Elícia Ramos e todos os produtores rurais na Capela de Santo Inácio. A partir das 17h, a programação artística terá feira agrícola com produtores rurais, feira de artesanato, gastronomia Quilombola, comidas típicas, Projeto Circulê, teatro de bonecos, roda de capoeira com o Grupo IÊ Capoeira, músicas ao vivo, exposição coletiva de fotográficas e ainda exibição dos filmes “Lan” e “Memórias de Campos Novos”.

O segundo dia de evento também contará com oficina de tênis de mesa. Arte circense Sollano Vasconcellos, trilha sensorial, arrecadação de alimentos e agasalhos e ainda atividades preventivas de saúde com testes rápidos de Covid para o público, aferição de pressão e medição de glicose.

No dia 24, as atividades iniciam às 10h até às 17h. Acontecerá mais uma atividade da Feira do Produtor com todas as demais ações culturais e mais as atrações da apresentação do Manifesto Cultural Griot, passeio de pônei, feira do livro e circuito esportivo para crianças.

No quarto dia de evento, dia 26, haverá uma mesa redonda com o tema “Agricultura familiar e a figura histórica de Sebastião Lan”, a partir das 18h, com transmissão online. A mediação do debate será feita por Bruna Pozzebon, Mestre em Biologia Forense e os convidados serão: Dewison de Jesus Barbosa, chefe do serviço agricultora familiar do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Rafael Peçanha (secretário adjunto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Cabo Frio), Katyuscia Brito (secretária de Agricultura e Pesca de Cabo Frio), Chiquinho Lan (filho de Sebastião Lan) e José Octávio Fernandes (representante do Ministério de Desenvolvimento Agrário do Rio de Janeiro).

O evento deste dia encerra a noite, às 20h, com exibição dos filmes “LAN” e “Memória de Campos Novos”, nas redes sociais.

No dia 27 terá uma segunda mesa redonda com o tema “Segurança hídrica e alimentar no pós pandemia”, sendo mediado pela secretaria Adjunta de Ciência e Tecnologia, com participação de Eduardo Pimenta, presidente do Comitê Lagos São João; Gabriela Vitorino, bióloga da Prolagos e Raquel Frascisconi, supervisora de Alimentação e Nutrição de Cabo Frio.

Para encerrar o evento no dia 28, Dia do Agricultor, as atividades voltam a acontecer pela manhã, às 9h, na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadora Rurais de Cabo Frio, com inauguração da placa no Sindicato em homenagem a dona Elícia Ramos. A programação terá com o Café da Roça um vídeo de encerramento da Semana às 18h, e ás 20h será anunciado o resultado do Concurso de Fotográfico “A terra lavrada é a esperança de uma vida melhor”, nas redes sociais da Prefeitura.

SOBRE SEBASTIÃO LAN:


Sebastião Lan foi um ruralista precursor dos direitos do trabalhador rural em Cabo Frio. Chegou na cidade em 1968 e iniciou a luta pela regularização fundiária no bairro Campos Novos, local que passava por sérios conflitos entre grileiros e lavradores. Ele organizou a reabertura do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, que havia sido fechado pelos militares, e se tornou presidente do movimento.

Quatro meses depois de ter assumido a presidência do sindicato, no dia 6 de junho de 1988, véspera de sua ida a Brasília, onde entregaria um importante relatório ao Ministro da Reforma Agrária, Sebastião Lan sofreu um atentado na Rodovia Amaral Peixoto, levando seis tiros. Morreu cinco dias depois, aos 46 anos de idade.

Sebastião Lan foi um personagem importante na luta pelos direitos dos trabalhadores rurais de Cabo Frio. Imagem: Prefeitura Municipal de Cabo Frio | Reprodução

Por: Natalia Nabuco, estagiária sob supervisão da jornalista Monique Gonçalves.

Comentários