Probabilidade de tsunami na costa brasileira é pequena, segundo Climatempo

Assunto começou a circular após vulcão Cumbre Vieja apresentar mudança na coloração

PROLAGOS 300_250_pix

A notícia de que a costa do Brasil poderá ser atingida por um tsunami deixou os brasileiros assustados. O fenômeno estaria ligado a uma possível erupção do vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, nas Canárias, a cerca de 500km da costa africana, próximo ao Marrocos. O vulcão teve um rápido aumento das atividades sísmicas nos últimos dias, o que chamou a atenção de especialistas. Mas segundo o Climatempo, a probabilidade de um tsunami na costa brasileira é pequena, e se vier a ocorrer, a chance de chegar em forma de ondas gigantescas no litoral do país é praticamente nula.

O instituto conversou com a geóloga e vulcanóloga da Universidade de São Paulo (USP) Letícia Freitas Guimarães que explicou os parâmetros que definem um sistema de alerta. Segundo a especialista, são medidas as atividades sísmicas, deformação do solo e emissão e composição de gases. Essa movimentação é classificada em quatro estágios, representados pelas cores verde, amarelo, laranja e vermelho.

“Conforme ocorre deformação do solo, por exemplo, ou há maior ocorrência de sismos e eles estão sendo mais rasos, ou conforme a composição dos gases muda, esses são indícios de uma erupção iminente, e com isso o alerta vai mudando de cor”, disse Letícia ao Climatempo.  

Como houve aumento rápido no número de atividades sísmicas e alteração na emissão de gases, o Plano Especial de Proteção Civil e Atenção às Emergências de Risco Vulcânico das Ilhas Canárias (Pevolca) avaliou o estágio e elevou o alerta do vulcão de verde para amarelo. Mas, de acordo com Letícia, não representa motivo para pânico porque apesar de só ter evoluído agora para o nível amarelo, a frequência e a quantidade dos sismos no Cumbre Vieja já têm registrado aumento desde 2017.

A geóloga reiterou que para causar o colapso, a erupção precisa ser de alta magnitude, ou seja, muito explosiva. “Não é impossível, mas é muito pouco provável”, afirmou ela, dizendo ainda que no Chile, local que está muito mais próximo ao Brasil, existem vulcões que estão no nível amarelo.

Localização do Cumbre Vieja

O Cumbre Vieja é um dos dois vulcões da ilha de La Palma, a quinta maior das oito ilhas que compõem o arquipélago das Ilhas Canárias e a segunda mais alta, e fica a cerca de 500km da costa africana, próximo ao Marrocos. O vulcão é considerado o mais ativo das Ilhas Canárias.

 “Se a gente analisar a história eruptiva das ilhas de todo o arquipélago, as atividades vulcânicas começaram há algumas centenas de milhares de anos. Desde meados dos anos 1400, houve 13 eventos eruptivos, sendo 6 deles registrados na ilha La Palma e relacionados ao Cumbre Vieja”,  explicou a geóloga. 

Fonte: Climatempo

Comentários estão fechados.