Internautas resgatam postagens de políticos que amenizaram a crise em Manaus

Com o agravamento da situação na capital, usuários das redes resgatam postagem feitas por políticos em dezembro. Publicações citavam Búzios

Manaus (AM) está passando novamente por uma crise na saúde em decorrência do novo coronavírus. A capital foi a primeira no país a entrar em colapso devido à pandemia e nesta semana a situação voltou a se agravar.  O sistema de saúde amazonense entrou em colapso após o grande aumento nas internações por Covid-19 no estado.  Com a sobrecarga, os hospitais ficaram sem oxigênios para pacientes. 

No fim do ano de 2020, o governador do Amazonas, Wilson Lima, decretou o fechamento dos serviços não essenciais. Na época, a decisão gerou protestos por parte da população que era contra. Em Búzios, a mesma situação aconteceu após a justiça determinar medidas mais rígidas de restrição para o funcionamento as atividades na cidade.  

Com o agravamento da situação em Manaus, usuários das redes sociais resgataram publicações feitas pelos governistas que amenizavam a situação e criticavam uma tentativa de fechamento do comércio e implementação de lockdown. Na ocasião, os políticos parabenizaram a população pelo protesto, que fez o governo relaxar as regras de quarentena e reabrir o comércio.  

Nas postagens eles citaram Búzios como exemplo, que também teve protestos por conta de um possível fechamento, que não ocorreu.  No fim de dezembro de 2020, o deputado Eduardo Bolsonaro, celebrou as manifestações contra as medidas restritivas adotadas em Manaus devido a pandemia de COVID-19. Ele postou no Twitter: “Primeiro Búzios e agora Manaus. Todo poder emana do povo”. 

Postagem de Eduardo Bolsonaro. Imagem: Reprodução/ Twitter

Em uma postagem, foi lembrado um tuíte da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), que escreveu: “O despertar pode ser gigante! Como Búzios, Manaus não aceitou o Lockdown”.  

Imagem: Reprodução/ Twitter @Bcovidfest

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) também comemorou a decisão na época: “A pressão do povo funcionou também em Manaus… Parabéns, povo amazonense, vocês fizeram valer seu poder”, escreveu ela.  

Imagem: Reprodução/ Twitter @traumann

Na tarde de quinta-feira (14), o governador Wilson Lima anunciou um decreto que proíbe a circulação de pessoas em Manaus entre 19h e 6h. A partir desta sexta-feira (15), o estado inicia toque de recolher por 10 dias. A medida é uma tentativa de conter a propagação do vírus. 

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários