NOVEMBRO NEGRO

Polícia Civil prende suspeito de envolvimento em tiroteio em Arraial do Cabo

Policiais da delegacia de Arraial do Cabo (132ª DP) prenderam nesta quarta-feira (14), um dos suspeitos de envolvimento na troca de tiros que matou um rapaz de 20 anos na orla da Prainha. O caso aconteceu no dia 26 de setembro. Na ocasião, cinco banhistas ficaram feridos.

De acordo com as investigações, o crime teria sido motivado por uma rixa entre facções criminosas rivais. A prisão aconteceu após uma operação em que a equipe trabalhou disfarçada, em locais frequentados pelo suspeito, de 48 anos.

O mandado de prisão temporária foi expedido pela Justiça na noite desta terça-feira (13), após o pedido da delegada Patrícia Aguiar. Também foram cumpridos outros dois mandados de busca e apreensão.

Segundo a polícia, câmeras de segurança registraram o momento em que o suspeito chegou à praia na garupa de uma moto, poucos minutos após a chegada do veículo no qual estavam o jovem que morreu na troca de tiros, e o outro suspeito. As imagens também mostram a correria durante o tiroteio.

“Esse crime ocorreu em um sábado à tarde. A praia estava cheia e a ação de Fábio gerou uma tragédia que poderia ter sido ainda pior. Nosso Núcleo de Homicídios agiu rapidamente, dando início imediato às investigações e, em duas semanas, conseguimos identificar todos os envolvidos e elucidar esse homicídio. Para garantir que Fábio fosse capturado sem nenhum tipo de reação que pudesse colocar a vida de mais inocentes em risco, montamos uma operação de inteligência, com policiais à paisana e carros descaracterizados”, disse a delegada Patrícia Aguiar.

O suspeito que foi preso possui passagens pela polícia por tráfico de drogas, associação para o tráfico, lesão corporal e ameaça, entre outros crimes. As investigações seguem em busca do outro envolvido, que está como foragido.

Comentários