Macaé terá primeira termelétrica a gás natural e do pré-sal brasileiro

PROLAGOS 300_250

Em Macaé, um dos primeiros projetos de geração de eletricidade realizados no Brasil pela Shell, a termelétrica Marlim Azul, será a primeira do Brasil e uma das poucas do mundo a produzir energia com o uso do gás natural proveniente do pré-sal. As obras já começaram e, com investimento de U$ 700 milhões, terá 565,5 MW de capacidade instalada, com a expectativa de geração de energia suficiente para atender mais de dois milhões de domicílios. 

O gerente de Meio Ambiente da empresa, Marcelo Bessi, falou à Prensa  que a previsão é de que a implantação Marlim Azul  seja concluída até o final de 2022 e, que durante a execução do projeto, sejam gerados três mil empregos diretos e indiretos. 

Vencedor do primeiro leilão de energia com gás do pré-sal brasileiro,  com um dos custos variáveis unitários (CVUs) mais competitivos entre usinas a gás, o projeto , além da Shell, com 29,9%,  tem a participação de 50,1% do Pátria Investimentos, e 20% da MHPS (Mitsubishi Hitachi Power Systems), já está licenciado.


O local exato  da implantação da usina é o Complexo Logístico e Industrial de Macaé, escolhido por ser próximo ao Aeroporto, Porto de Imbetiba e das rodovias BR 101, RJ 168 e RJ 106, fatores logísticos que facilitam a implantação e operação, e do Terminal de Operações Cabiúnas.

Comentários