Opinião – O real motivo do ataque conservador a Igor Sardinha

PROLAGOS 300_250

Mais uma reflexão sobre as Eleições 2020 em Macaé

Na semana passada (quinta-feira, para ser mais específico) Macaé foi cenário da política típica dos bolsonaristas. O pré-candidato a prefeito que tenta vender a imagem de “candidato do Bolsonaro”, junto com alguns pré-candidatos a vereador, todos do campo conservador, usaram o deputado estadual Felipe Poubel para gravar alguns vídeos ofendendo adversários no pleito eleitoral da cidade. Poubel (por incrível que pareça, tem quem o leve a sério) xingou todo mundo de vagabundo – de moradores do Lagomar a políticos macaenses – e gravou um vídeo para atingir diretamente o pré-candidato do PT à prefeitura, o ex-vereador Igor Sardinha.

O pré-candidato Igor Sardinha afirmou abertura de processo contra o deputado Felipe Poubel pelas declarações feitas em vídeo publicado nas redes sociais/ Reprodução


A estratégia foi rasteira: soltar o vídeo no dia em que Igor daria uma entrevista, via live, ao jornal O Dia (a quinta-feira, dia 23). As “acusações” do deputado estadual não ficaram sem resposta, e Igor deu o troco através de um vídeo postado em suas redes sociais. No entanto, não entrarei nos detalhes dos vídeos. Sou do argumento de que Poubel tem tanta importância para a política quanto eu tenho para o futebol europeu. Sendo assim, prefiro me ater ao real motivo dos pré-candidatos conservadores terem direcionado sua mira para Igor Sardinha. O motivo é uma outra cidade: Maricá.

Vídeo publicado nas redes sociais do deputado Felipe Poubel


As políticas de distribuição de renda de Maricá tem recebido atenção da imprensa internacional nos últimos meses. Para quem não sabe, Maricá é um cidade administrada há 12 anos pelo Partido dos Trabalhadores, e o seu prefeito, Fabiano Horta, com cerca de 70% de aprovação popular, tem a reeleição praticamente garantida. Ainda no início da pandemia de covid-19 e do isolamento social a administração petista não mediu esforços para que nenhum setor ficasse desamparado diante do caos financeiro que se avizinhava. De empresários a desempregados, todo mundo recebeu atenção e apoio da prefeitura. E com a experiência adquirida com sua política de distribuição de renda via uma moeda social local – a mumbuca – , Maricá vem ensinando ao mundo como agir diante desse cenário. E um dos principais responsáveis pelo sucesso destas políticas é justamente Igor Sardinha, que até o mês passado conduzia a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Maricá.

View this post on Instagram

DIGA NÃO À POLÍTICA DO ÓDIO. DIGA NÃO ÀS MILÍCIAS EM MACAÉ. O ódio e a milícia querem, definitivamente, tomar a política de Macaé. Agora, os pré-candidatos da direita estão importando deputados estaduais travestidos de xerifes para disseminar fake news. NÃO PASSARÃO. Hoje, eu e minha família fomos difamados por um vídeo espalhado nas Redes Sociais. Tenho a dizer que minha resposta será na Justiça, contra esse MENTIROSO que, em vez de desempenhar seu papel de deputado, vem a Macaé dizer que 10% dos moradores do Lagomar são traficantes e bandidos, e tentar ajudar a seu pré-candidato com fortes inclinações fascistas a espalhar Fake News e difamar quem está fazendo uma pré-campanha limpa, sem atacar ninguém e construindo um plano de governo em favor de todos os macaenses, principalmente os que mais precisam do Poder Público. Antes de acreditar em mentiras, vale conhecer um pouco da vida do MENTIROSO, seguem uns links esclarecedores. Link para a matéria do irmão de Sua Excelência o Deputado Poubel sendo preso por FORMAÇÃO DE QUADRILHA DE AGIOTAGEM: https://errejotanoticias.com.br/operacao-da-policia-civil-prende-irmao-do-vereador-poubel-por-agiotagem/ Links para as matérias de Sua Excelência o Deputado Poubel, então vereador, ACUSADO DE AGREDIR A EX-SOGRA A SOCOS: https://odia.ig.com.br/colunas/informe-do-dia/2018/07/5562235-vereador-apoiado-por-bolsonaro-e-acusado-de-agredir-ex-sogra.html#foto=1 https://theintercept.com/2019/09/29/censura-a-militares-e-o-caso-gabriel-monteiro-witzel-da-liberdade-de-expressao-so-para-a-direita/

A post shared by Igor Sardinha (@igorsardinha1981) on

Vídeo publicado nas redes sociais do pré-candidato Igor Sardinha


Os pré-candidatos ao Poder Executivo em Macaé sabem disso e sabem que se essa informação chegar a todos os macaenses, terão trabalho para apresentar um projeto que chegue à altura das propostas trazidas por Igor. Maricá, com um orçamento pouco maior que o nosso nos últimos anos, vem fazendo uma revolução silenciosa. Nesta cidade governada pelo PT existe empresa pública de ônibus com tarifa zero, algo que tira o sono de qualquer empresário, deste e de outros setores. Não custa lembrar que uma parte dos pré-candidatos bolsonaristas é de empresários que, apesar de não falarem, tem aversão ao serviço público. As denúncias requentadas gritadas por Poubel em vídeo tentam desconstruir a imagem do pré-candidato que é, de longe, o mais qualificado para administrar a capital do petróleo.


Apesar da campanha eleitoral não ter começado (legalmente), estes personagens já deixaram claro que farão de tudo para fugir do principal assunto de uma eleição municipal, que é: o que fazer para tornar a cidade melhor? E deste episódio do embate PT versus bolsonarismo, uma coisa já ficou clara em relação aos dois pré-candidatos: enquanto um tem a mostrar a experiência comprovada na condução de políticas públicas bem sucedidas reconhecidas internacionalmente, outro prefere trazer à sua cidade um deputado estadual para ficar xingando adversários. Assim, ficará fácil para a população macaense decidir.

Professor Paulo Herique

Este é um artigo de opinião que não representa necessariamente o posicionamento deste veículo

Comentários