Búzios: MPF quer saber se prefeitura está licenciando plantio de espécies exóticas na praia de Geribá

Despacho também pede esclarecimento sobre supressão indevida de vegetação na faixa de areia

Em Despacho emitido na última sexta-feira (26), o Ministério Público Federal requisita a manifestação da prefeitura de Búzios sobre o plantio irregular de arbustos e da espécie exótica Yuca, na praia de Geribá. O MPF quer saber se o Executivo está permitindo este tipo de ação.

No documento, o procurador Leandro Mitidieri pede esclarecimento sobre a concessão de licenças ou qualquer outro tipo de autorização ambiental, para este tipo de plantio na areia. E solicita que a prefeitura informe as medidas tomadas para corrigir as irregularidades, bem como autuar os agentes responsáveis e reparar os danos ao meio ambiente na praia de Geribá.

O procurador também quer informações sobre a ocorrência de supressão indevida de vegetação em função de obras realizadas na praia.

A prefeitura de Búzios tem prazo de 15 dias para responder ao despacho do MPF.

O tema foi pauta de duas matérias publicadas pela Prensa de Babel na semana passada (ver links ao final desta matéria), e será o assunto da Live “Roda da Prensa” desta segunda-feira (29), com participação de Fabiano da Costa, pescador e morador de Geribá. Na quarta-feira (01) a Live será com o procurador Leandro Mitidieri, que abordará a situação de Geribá e demais praias de Búzios, em relação à ocupação irregular da faixa de areia. A “Roda da Prensa” acontece de segunda a sexta, sempre às 19h.

Yucas plantadas na areia da praia de Geribá

Leia também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.