Procon notifica supermercado por prática de preço abusivo em Iguaba

O estabelecimento praticava uma margem de lucro de 43% no preço do alho, bem acima do índice legalmente recomendado que é em torno de 30%.

O órgão é subordinado à Procuradoria Geral do município/

Procon de Iguaba Grande notificou um supermercado no fim da tarde desta terça-feira (27), após denúncias de preço abusivo. A equipe do órgão identificou que o estabelecimento praticava uma margem de lucro de 43% no preço do alho, bem acima do índice legalmente recomendado que é em torno de 30%. O supermercado terá agora 10 dias para apresentar a defesa.

Inaugurado no último dia 14 de abril, o Procon de Iguaba Grande em realizado diversas blitz em supermercados e farmácias para coibir, principalmente, a prática de preços abusivos. Cerca de 10 dias após a inauguração o órgão fez sua primeira ação não apenas verificando denúncias mas, também, avaliando outras obrigatoriedades do Código de Defesa do Consumidor, como a existência do Livro de Reclamação, que deve estar na recepção em local visível para utilização dos clientes. Embora a intenção fosse apenas fazer uma ação de orientação, um dos mercados visitados chegou a ser notificado e teve 10 dias para corrigir os problemas detectados.

Para denunciar problemas relacionados à atendimento bancário, serviços de telefonia, água e luz, prática de preços abusivos e outras explorações relacionadas ao consumidor, basta entrar em contato com o Procon de Iguaba Grande através do Whatsapp: (22) 98834-0169 ou do email procon@iguaba.rj.gov.br. O órgão é subordinado à Procuradoria Geral, e funciona de segunda a sexta, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h30, na Rua Domingas Inácio Nogueira, nº 2, bairro São Miguel (próximo ao Fórum).

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.

pendik escort kartal escort çekmeköy escort mersin escort türkçe altyazılı porno lezbiyen porno sex hikaye mersin escort bodrum escort