Wanderley Gil morre por coronavírus em Macaé

O sepultamento do fotógrafo ocorrerá no Cemitério Memorial Mirante da Igualdade

O fotográfo macaense Wanderley Gil foi mais uma vítima do coronavírus. Segundo a Prefeitura, ele estava internado desde o dia 1º de maio, e, devido a comorbidades, seu quadro se agravou. O fotógrafo morreu nesta quarta-feira (20) no Hospital Público Municipal (HPM) e o sepultamento ocorrerá no Cemitério Memorial Mirante da Igualdade sem velório.

Leley, como era conhecido, tinha 64 anos e mais de 40 de carreira. Tornou-se referência entre os profissionais da imprensa e fotografou grandes momentos de Macaé e também suas belas paisagens, uma de suas grandes paixões. A inspiração pela fotografia veio do seu pai, também fotógrafo,  Wanderley Silva, que o presenteou com uma câmera. A partir desse momento, Gil desenvolveu um olhar apurado e cheio de sensibilidade, que marcou sua carreira.

Nossas condolências aos familiares e amigos nesse momento difícil de perda.

Leia também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.