Macaé: Presidente da ACIM divulga carta de esperança diante da crise do Covid 19

Francisco Navega relembrou crises passadas e falou na necessidade de ajudar o próximo

Francisco Navega/ Reprodução

O Presidente da Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM), Francisco Navega, divulgou uma carta aos macaenses na conta do Facebook da instituição, na terça-feira (8), que trazem palavras de esperança aos comerciantes, empresários e população em geral vítimas da crise do Covid (19). No post ele relembrou outras crises que o município enfrentou e ainda que enfrenta para manter a engrenagem da economia em funcionamento na cidade.

A carta começa relembrando a Crise do Petróleo, em 2013, com a queda do preço do barril que resultou diretamente na diminuição da arrecadação dos royalties sobre a produção, afetado a receita das prefeituras e estados produtores. Desde então, “Macaé vive uma crise intensa agravada pela instabilidade política e depressão econômica, que teve como consequência a redução de postos de trabalho e falta de incentivo do governo para instalação de novas empresas. Em 2019, o município começou a se reerguer e agora novamente enfrente mais uma situação difícil com essa crise”.

Mas apesar disso, o presidente recorda a capacidade do macaense se reinventar. Em um trecho da carta ele diz: “Peço que olhem para trás e vejam como somos fortes! Passamos por tudo isso e temos que agora, mais do que nunca, arregaçar as mangas e continuar nossa saga. Estamos diante dessa nova crise, sim uma das piores do mundo, mas, como é bom estar em sintonia e comunhão com a nossa fé e nossa oração”.

Em outro trecho, Navega destaca a importância de nesse momento de se solidarizar com o próximo. “Sei que a dor é diferente para cada um, mas ninguém se sente confortado vendo muitos ao seu lado sofrendo. Não importa meu negócio ou minha tranquilidade nesse momento, se meu vizinho está em dificuldade. É hora sim do associativismo! Braços fortes da nova ordem mundial, tão expressa nos dias de hoje no compartilhamento de experiências e ensinamentos”.


A Associação lançou recentemente uma campanha para que os macaenses deem preferência em comprar com os pequenos comerciantes do bairro para fortalecer o setor. Também laçou um guia de empresas que estão trabalhado com delivery (https://bit.ly/2XjUkWV). O telefone para contato é (22) 9.8322-x881 (WhatsApp).

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.