Áudio: Vereador Miguel Pereira fala pela primeira vez à Imprensa sobre sua saída da base do Governo

PROLAGOS 300_250


O vereador também reafirma que é pré-candidato a prefeito de Búzios

Vereador Miguel Pereira (PL) concedeu entrevista à Prensa na Praça José Paraíba, bairro Cem Braças, em Búzios no dia 2/04/2020/

Após ler  o panorama descritivo do tema escute a entrevista em formato podcast em nossa conta no spotify 

O vereador Miguel Pereira (PL) rompeu recentemente com o Governo de Búzios e mexeu inevitavelmente no tabuleiro político da Cidade. Havia a especulação de que ele fosse o candidato do Governo e havia também o assédio de diferentes grupos como sendo o vice ideal. Mas com sua saída oficial da base do Governo André Granado, o vereador fortalece sua afirmação de que é mesmo pré-candidato a prefeito e ainda leva consigo dois partidos, o PL e o Cidadania, que era estratégico para o ex-secretário de Desenvolvimento Social Trabalho e Renda, Joãozinho Carrilho. 

As razões que o levaram a isso e as alfinetadas dos adversários de que  haveria um traço de hipocrisia em abandonar o barco quando este já estaria afundando, são respondidas por ele com serenidade em entrevista concedida à Prensa em espaço aberto e mantendo a distância determinada pelas autoridades de saúde de um metro e meio devido a pandemia de coronavírus. 

Miguel, que deixou a  posição de liderança do governo  na Câmara, em abril do ano passado, lembra que já havia se posicionado de forma contrária a algumas ações do governo em diferentes momentos e ainda, na falta delas em situações em que se fazia urgente medidas mais efetivas por parte do poder executivo. Lembrou do período de realizações como secretário de Serviços Públicos e revelou  o que serviu como crucial para a decisão: o seu aviso de que o brejo do Capão iria transbordar e causar danos aos moradores quando houvesse chuvas fortes. O ocorrido levou a Prefeitura a tomar uma medida emergencial, sem licenças ambientais, de escoar toda a água acumulada e o excedente, para a Praia de Tucuns, o que repercutiu de negativamente como era de se esperar.

Contou, que nesse processo de secretário a vereador se envolveu e estudou muito sobre a questão ambiental, e chegou a encontrar medidas mais baratas de tratar o lixo produzido no município e ainda transformá-lo em energia. Algo que considera possível de aplicar em Búzios, mas que, no entanto, não teve retorno do executivo municipal. 

Perguntado por que não tentar mais uma eleição para vereador, argumenta que seu filho é pré-candidato e que se identifica mais com o executivo.

ESCUTE a entrevista em nossa conta no Spotify

Primeira da série de entrevistas que buscarão traçar o perfil da pré-campanha em Búzios.

Comentários