Mercado Extra em Búzios dá exemplo na prevenção ao COVID-19

Desde o dia 17 de março, para que mais pessoas tenham acesso aos produtos, começou uma ação para estimular o consumo consciente, incentivando que cada um adquira somente o necessário e evite o estoque desnecessário.

Mercado Extra, unidade de Búzios/ Foto Prensa de Babel

Como recomendado pelos órgãos de saúde, em prol da segurança de clientes e colaboradores, os processos de higiene nos Super Mercados precisam ser redobrados, em Búzios nem todos os estabelecimentos estão cumprindo com as recomendações. A gerência da unidade de Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, após reunião com representantes da Prefeitura, e seguindo orientação da empresa em todo o Brasil, deram sequência no reforço nas medidas de prevenção, um exemplo a ser seguido pelo outros mercados da cidade.

A Prensa esteve na unidade de Búzios e constatou a higienização dos cestos de compras, carrinhos e demais pontos de contato na loja, seguindo a orientações da Organização Mundial da Saúde. Também está sendo disponibilizado álcool em gel para o cliente, e está sendo permitida a entrada apenas em pequenos grupos para evitar aglomeração.

Foram suspensas as degustações de alimentos em todas as lojas e sendo implantados painéis de acrílico para separar os operadores de caixa dos clientes. Colaboradores que fazem parte de grupos de risco (60+, idosos, imunossuprimidos, doenças cardíacas, respiratórias, diabéticos e hipertensos) foram liberados.

“Cabe ainda reforçar que todos os funcionários estão sendo orientados quanto a importância da prevenção – higienização das mãos e evitar contato com outras pessoas e produtos. Vale reforçar também que o Extra está atuando junto a toda cadeia de valor para manter a agilidade do abastecimento e trabalhando na máxima capacidade para que os clientes possam comprar o que precisar, quando precisar e pelo canal que escolher. “, explica a gerência.

Desde o dia 17 de março, para que mais pessoas tenham acesso aos produtos, começou uma ação para estimular o consumo consciente, incentivando que cada um adquira somente o necessário e evite o estoque desnecessário.

“Dessa forma, alguns itens só poderão ser adquiridos de forma limitada a cada compra, tais como produtos de higiene pessoal e limpeza, além de produtos de necessidade básica, como arroz, água, leite e massas. A iniciativa está válida para todas as lojas da rede e em todo o Brasil por tempo indeterminado.”, comenta.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.