Diário do fim do mundo #4 -por Sandro Peixoto (Saudade)

24 de março de 2020 Estamos sós. Mais sós que nunca. Descobri que dependo de estranhos para ser feliz. A palavra “estrangeiro” vem do francês étranger, estranho. Dependo de pessoas que nunca vi ou que jamais verei para pagar as contas. Para comer,  beber, vestir, morar, tomar banho, etc. Descobri isso há muito tempo. Agora … Continue lendo Diário do fim do mundo #4 -por Sandro Peixoto (Saudade)