Saiba quais medidas Búzios está adotando para conter o avanço do coronavírus

Desde a semana passada setores da sociedade se mobilizam para minimizar os casos

Os avanços do coronavírus no Estado do Rio De Janeiro chegaram a Búzios com a confirmação de casos suspeitos da doenças no município. Até o momento são quatro casos, um morador da capital que se hospedou na cidade durante o fim de semana, uma turista argentina que está internada em Cabo Frio, outro em isolamento domiciliar, um técnico de enfermagem da UPA em São Pedro da Aldeia, acompanhado pela equipe de Vigilância Sanitária de Búzios, e ainda houve o caso de suspeita de uma turista chinesa durante o Carnaval. Até o momento nenhum caso foi confirmado.

O juiz da Comarca foi o primeiro a se manifestar quanto as mudanças no atendimento ao público e nas atividades do fórum. Em nota numa rede social explicou que “no âmbito dos gabinetes dos magistrados, fica a critério de cada qual adotar restrições ao atendimento presencial do público externo ou visitação à sua respectiva área, devendo se valer dos meios tecnológicos disponíveis (Teams, Skype ou outras ferramentas de videoconferência) para atendimento ao advogado no horário de expediente forense, que não poderá ficar sem ser atendido, ainda que tal atendimento se realize por meio virtual, e não presencial”.

Recentemente publicou uma nova resolução na mesma rede social atualizando que os atendimentos acontecerão no mesmo regime utilizado nos plantões. Assista o comunicado clicando no link- https://bit.ly/2QrqqLZ
Leia a resolução na íntegra – https://bit.ly/2QqyUDe

A Igreja Católica foi a primeira instituição religiosa a cancelar eventos e dispensar os fiéis dos preceitos dominicais, seguindo as orientações da Arquidiocese de Niterói. A Via Sacra, evento que reúne grande quantidade de seguidores ao longo da Orla Bardot, cartão postal da cidade, foi cancelada. Em seguida, todas as reuniões com aglomerações como catequese, grupos de oração e outros. Por último, a missa dominical foi suspensa pelo período de 15 dias ou quando houver nova orientação do arcebispo. Assista a entrevista com o pároco, Cosme Neves. Clique Aqui.

Na esteira dos acontecimentos as escolas particulares e cursos de idioma, como o CCAA, no bairro Manguinhos, suspenderam as aulas e anteciparam as férias. Os empresários do PACTO promoveram um encontro com a participação da OAB Búzios, do presidente da TurisRio, Thomas Weber e da população, para tratar do mesmo assunto. Na ocasião, sanaram dúvidas e ouviram as necessidades e sugestões dos representantes do setor.

A primeira ação da Prefeitura de Búzios foi suspender as aulas na rede pública, antecipando as férias dos alunos, mantendo o funcionamento das secretarias e do corpo administrativo. Agindo de forma tardia e apenas após pressão de setores da sociedade e da imprensa, um decreto foi publicado em Diário Oficial apenas na terça-feira (17). No entanto, o site oficial, não fornece as medidas de forma clara e acessível à população.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.

pendik escort kartal escort çekmeköy escort mersin escort türkçe altyazılı porno lezbiyen porno sex hikaye mersin escort bodrum escort