Despejo em Tucuns – Prefeitura de Búzios responde à Prensa

Serviços Públicos e Meio Ambiente realizaram a ação conjunta, mas INEA ainda não foi avisado

Logo após a publicação da matéria na manhã desta quarta-feira (11), a Prensa de Babel obteve a confirmação de que a ação da prefeitura foi emergencial para liberar as águas represadas nas ruas de Cem Braças e Capão.

Coordenador da secretaria de Serviços Públicos, Valter Luiz afirmou que frente à situação enfrentada pelos moradores nos bairros alagados, pessoas que estavam impedidas de sair de casa, e frente ao grande problema de saúde pública que poderia advir neste cenário de insalubridade provocado pelas enchentes, foi encaminhado à secretaria de Meio Ambiente, o pedido de autorização para se desviar as águas para a praia de Tucuns. Desta forma, autorizada pelo Meio Ambiente do município, a ação de despejo foi montada.

Até o momento a prefeitura de Búzios não fez contato com o INEA – Instituto Estadual do Ambiente, para relatar o ocorrido e informar a solução aplicada.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.