4 dicas alimentares para não passar mal no Carnaval

Para ajudar na diversão carnavalesca separamos algumas dicas das professoras de Nutrição do Centro Universitário São Camilo – SP – Luciana Setaro e Cinthia Roman Monteiro – para você curtir a folia sem sir do ritmo e de bem com a saúde.

Tome cuidado pra não estragar seu carnaval

1) ATENÇÃO PARA O CAFÉ DA MANHÃ

Faça um café da manhã com alimentos fontes de carboidrato (pão francês ou pão integral, torrada, tapioca) para fornecimento de energia. Frutas e sucos são bem-vindos para a hidratação, ainda mais nessa época em que a temperatura é mais quente. Uma outra dica que também auxilia na hidratação é a ingestão de chás, principalmente verde, vermelho ou branco que são ricos em catequinas, substâncias que aceleram o metabolismo.

É importante que o café da manhã contenha alimentos leves e que ao mesmo tempo sejam de hábito do folião para evitar desconfortos gastrointestinais.

Sugestão:

– 1 copo de suco de abacaxi com hortelã;

– 2 fatias de pão integral com requeijão + 2 fatias de queijo branco;

– 1 xícara de leite integral com café.

2) EVITE LONGOS PERÍODOS JEJUM NOS BLOCOS

Leve em uma sacola ou pochete alimentos que forneçam energia e que sejam práticos, por exemplo: barra de cereais, bananinha, frutas secas ou frutas como maçã e banana.

Além disso não se deve esquecer da hidratação, levando ou comprando no local água mineral e/ou água de coco.

3) FIQUE LONGE DOS ENERGÉTICOS

Muitas pessoas recorrem aos energéticos para manter o pique durante o Carnaval, mas seu uso não é indicado, pois eles contêm em sua composição cafeína, que pode ocasionar: ansiedade, arritmia, desidratação, dores de cabeça e gastrite, além de potencializar o efeito maléfico do álcool no cérebro.

 4) ADEUS RESSACA! 

São mutos os liquidos, mas água “é um clássico”, né?

Para quem exagerou no álcool durante a folia é recomendada atenção especial à hidratação: beba muita água. Uma opção é água de coco (que repõe água e eletrólitos que são perdidos pelo suor) e sucos de frutas, que contêm vitaminas e minerais. Todo álcool ingerido precisa ser metabolizado pelo fígado, pois quando existe excesso, ele acaba recrutando demais o funcionamento desse órgão. Alguns alimentos auxiliam no metabolismo hepático, como os do grupo das crucíferas: brócolis, rabanete, couve, couve de bruxelas, couve-flor e nabo, entre outros. Eles são fontes de substâncias chamadas glicosinolatos, que serão convertidas em isotiocianatos, compostos fundamentais que auxiliam a eliminação de substâncias no fígado e ajudam a ressaca a ir embora para tudo recomeçar na quarta-feira.

Bom Carnaval, com alegria e bem-estar. Ano que vem tem mais!


Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.