Búzios na frente de capitais como destino para o Carnaval em pesquisa do Hotel Urbano

Búzios fica na frente de capitais como destino turístico mais procurado para o Carnaval 2020. No resultado de uma pesquisa realizada pelo site Hurb-Hotel Urbano a cidade da Região dos Lagos do Rio de Janeiro, fica a frente de Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), e Natal (RN).

O levantamento levou em conta as cidades mais buscadas no site da empresa entre a sexta-feira de carnaval (21) e a quarta-feira de cinzas (26).

O secretário de Turismo, Cultura e Patrimônio Histórico de Búzios,  Armando Ehrenfreund, considera a notícia positiva e acredita que a razão da procura é natural, por Búzios ser um destino turístico consolidado e procurado no período de verão. Thomas Weber, presidente da TurisRio, também considera positiva, mas lembra que a Hotel Urbano é só uma das inúmeras agências de turismo online que vendem Búzios. “É legal esse posicionamento, mas é importante entender qual estratégia de marketing foi utilizada, qual a exposição que Búzios tem no site. Não aponta necessariamente como a cidade está posicionada no mercado real para o Carnaval”, pondera Thomas.

Blocos desfila pelas ruas do centro da Cidade, Manguinhos, Rasa e Tucuns/ Foto Ronald Pantoja

Búzios ainda não divulgou o calendário de blocos e outras atividades para o Carnaval, enquanto isso essas mesmas capitais que na pesquisa do Hotel Urbano aparecem atrás do balneário já divulgaram a agenda de blocos, e os ensaios se tornam verdadeiros eventos de pré-carnaval. Tanto Armando, quando Thomas entendem que o público comum de visitantes de Búzios nesse período, vindo basicamente do Rio, Belo Horizonte e São Paulo, está mais propenso a não viajar.

 “Estão investindo na programação de blocos que acaba ficando mais em conta para os moradores de lá, que é uma diversão quase que gratuita. Podem ir de metrô, uber. É um opção de se divertir em Casa. “, comenta Armando.

Mas isso não significa que Búzios vai ficar vazia no “período momesco”. De acordo com o Búzios Convention & Visitors Bureau (BCVB) ainda é cedo para apresentação de números oficiais. Mas levando em conta o Réveillon e o restante do verão espera-se casa cheia.

“Talvez até passemos dos visitantes dos últimos anos durante o Carnaval”, arrisca Engel, presidente do BCVB.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.