Vereadora Gladys Nunes pode não concorrer as eleições municipais 2020

A vereadora em Búzios, Gladys Nunes (PSC), corre o risco de não poder concorrer as eleições municipais deste ano. De acordo com decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), Gladys não prestou contas de valores utilizados em sua campanha para deputada estadual em 2018 e terá de devolver mais de R$ 100 mil e ainda terá seus direitos políticos suspensos.

Foram identificados, ainda de acordo com o TRE-RJ, extratos bancários eletrônicos constando movimentação financeira no valor de R$ 53 mil e também recursos financeiros do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (EFC) no valor de R$ 50 mil sem comprovação.
O julgamento aconteceu no dia 08 de abril de 2019 e suspende seus direitos políticos, o que pode significar a impugnação de sua candidatura à vereadora ou prefeita em outubro, além da devolução dos valores citados.

A prestação de contas de campanha deve acontecer até o 30º dia a partir do dia das eleições. Consta no processo que as contas da vereadora e candidata a deputada não foram apresentadas dentro do prazo legal estabelecido, mesmo, de acordo com o documento, tendo sido notificada.

Gladys pode recorrer da decisão propondo um parcelamento para pagamento do valor, e, através de liminar, prestar contas mesmo já tendo perdido o prazo.

*Erramos: O valor a ser devolvido, de acordo com documento acima publicado pelo TRE, é de R$ 50 mil e não mais de R$ 100 mil como publicado anteriormente na data de 14 de janeiro de 2020.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.