Morador de Búzios relata descaso após assalto na madrugada deste domingo (01)

Polícia militar nega acusação e afirma ter recebido a denúncia às 2h45 e, desde então, trabalha na captura dos suspeitos

Um assalto ocorrido na madrugada deste domingo (1º), por voltas de 1h30, em Búzios, terminou, segundo relato da vítima, com a “sensação de impunidade”. O morador do município, que não quis se identificar, relatou à página ‘Búzios Notícias’, por meio da sessão carta ao leitor, sobre assalto que teria sofrido na volta do trabalho.

O homem retornava para casa de bicicleta, na altura da entrada do bairro José Gonçalves, quando foi abordado por dois homens em uma moto, que o teriam derrubado na pista e na sequência roubado seu celular e bicicleta.

Com escoriações pelo corpo, e após diversas tentativas de contato pelo 190, o rapaz procurou a 127ª DP, no bairro da Ferradura. Chegando ao local, ainda segundo a vítima, identificaram que não havia plantão no local. Dirigiram-se, então, ao DPO do bairro Manguinhos, próximo ao Pórtico da cidade, também sem sucesso.

PM nega a versão

Ao Prensa, o Tenente Madureira, Comandante da 5° Companhia de Búzios, relatou que o comando recebeu a denúncia, às 2h45, de dois homens em uma moto baixa preta, estariam cometendo assaltos na praça de São José e rodando no posto de gasolina na Marina. Um elemento de casaco vermelho e outro de casaco preto ambos de capacete e que já teriam feito duas vítimas.

Desde então, a PM esteve atuante e trabalhando na captura dos suspeitos. E relembra à população que em caso de ocorrências semelhantes façam o primeiro contato pelo 190 e em seguida registrem boletim de ocorrência na delegacia. Cabendo à PM o cerco e captura de criminosos e à DP o registro.

Nossa reportagem tentou contato com a assessoria de Comunicação da Polícia Militar para obter informações sobre o plantão da 127ª DP, mas até o fechamento dessa matéria não obtivemos resposta.

Leia também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.