Em Macaé, petroleiros participam de assembleia para rejeitar proposta do TST para Acordo Coletivo

Petroleiros de Macaé estiveram reunidos em assembleia nessa terça-feira (15), no Ginásio do Juquinha, para discutir a rejeição da proposta do TST (Tribunal Superior do Trabalho) para o Acordo Coletivo de Trabalho. No encontro, a categoria aprovou a realização de greve a partir do próximo dia 26.

A assembleia contou com a participação de trabalhadores das bases de Imbetiba, Imboassica, Edinc, Barra do Furado e Administrativo e Grupo D de Cabiúnas.
Durante as assembleias, muitos trabalhadores e trabalhadoras, em razão do assédio e do terror da Petrobrás, manifestaram preocupação com a possibilidade de encerramento das garantias dos direitos previstos no ACT (Acordo Coletivo de Trabalho). No entendimento da assessoria jurídica do Sindipetro-NF e da FUP, a Petrobrás não pode reduzir direitos de modo unilateral.

Além dos aeroportos e do Ginásio do Juquinha, acontecem assembleias nas sedes do Sindipetro-NF em Campos dos Goytacazes e em Macaé.
Os indicativos são: 01 – Rejeição da proposta apresentada pelo TST no dia 19/09; 02 – Aprovação dos itens encaminhados ao TST, em 26/09, como melhoria à proposta do Tribunal; 03 – Condicionar a assinatura da eventual aprovação das propostas às assinaturas dos acordos coletivos de trabalho das subsidiárias e da Araucária Nitrogenados; e 04 – Caso não ocorra negociação, greve a partir do zero hora do dia 26/10.
Assembleias continuam durante a semana

Além dos aeroportos, onde até a próxima quarta-feira (17), ocorrerão assembleias, os grupos de turno de Cabiunas e bases administrativas terão uma semana intensa.
Nessa segunda-feira (14), as assembleias começaram às 7h e continuaram às 15h, com os trabalhadores do Grupo C e B de Cabiúnas, respectivamente.

Nesta terça (15, uma grande assembleia com petroleiros e petroleiras das bases de Imbetiba, Imboassica, Edinc, Barra do Furado, além do HA e Grupo D de Cabiunas, teve início às 7h (com fechamento dos portões às 10h) no ginásio do Juquinha, em Macaé.
Já no dia 16, a categoria de Campos e região poderá participar da assembleia na sede do Sindicato em Campos às 10h, e às 23h.

No dia 17, último dia de votação, às 7h, o grupo E de Cabiunas fechará o calendário de assembleias.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.