Câmara Municipal de Cabo Frio realiza nesta segunda-feira (12) audiência da CPI da Enel

A população da Região dos Lagos, mais precisamente de Cabo Frio, poderá participar nesta segunda-feira (12), de uma audiência da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da ENEL, concessionária responsável pela energia elétrica na região. Na capital, a CPI apura problemas envolvendo a Light.
Segundo a presidente da CPI, deputada Zeidan, as audiências estão na fase final e Cabo Frio, como toda Região dos Lagos, vem sofrendo muito com a falta de energia, principalmente no verão. Para a parlamentar, os moradores sofrem e também o turismo e os turistas. “Todos perdem. Quem vai pagar esse prejuízo?”.
Até o momento, a CPI realizou cinco audiências públicas e uma reunião em Brasília. Foram 129 ofícios enviados convidando as partes interessadas, entre elas Ministério Público, Defensoria Pública, Procon, Agenersa, e obviamente as Concessionárias para prestarem os esclarecimentos necessários.
Entre os dados coletados pela CPI, e as reuniões extremamente produtivas, foi encaminhado pela Diretora do Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro que a Light ficou em 1º lugar dos Top 30 litigantes do TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro). São mais de 6.000 processos distribuídos. “Aliás, a Light vem ficando em primeiro lugar nos últimos cinco anos, fugindo do padrão do restante do Brasil, em que os bancos figuram em primeiro lugar em ações judiciais”, explicou a deputada.
NoJuizado Especial Cível, a Light, responsável pela distribuição de energia elétrica, na Capital, está em 1º lugar com 218.584 processos. A Enel está em 3º lugar com 75.077. São 190.249 processos novos nos últimos cinco anos.
Durante audiência desta segunda-feira, os consumidores, podendo ser residenciais ou empresas, poderão apresentar dados de irregularudades e processos.
Entre as principais medidas tomadas pela presidente da CPI, deputada Zeidan, estão a entrega em Brasília de tudo o que já foi apurado no Estado para a Aneel e Tribunal de Contas da União.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.