Operação da Polícia Federal prende pedófilo em Rio das Ostras

Operação foi iniciada após uma denúncia dos pais de um menino de 12 anos que observaram diálogos suspeitos de seu filho, aparentemente com outro menino da mesma idade no aplicativo WhatsApp, porém desconfiaram do seu conteúdo.

A Polícia Federal de Macaé prendeu, na manhã desta quarta-feira (13), um homem de 29 anos, acusado de pedofilia. O cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal , foi cumprido na casa do homem, em Rio das Ostras. No local, os agentes da PF flagraram M.M.S. , com conteúdo de pedofilia em seu computador pessoal.

O acusado utilizava um perfil falso nas redes sociais para se aproximar de crianças e adolescentes, na maioria meninos, e assim após adquirir a confiança dos menores, sugeria a troca de conteúdo pornográfico com os menores ou tentava marcar encontros.

As investigações se desenvolveram no âmbito da operação “Perfil Falso”, coordenada pelo delegado Alexandre Nascimento, da Delegacia de Polícia Federal em Macaé, iniciada há 10 meses, após uma denúncia dos pais de um menino de 12 anos que observaram diálogos suspeitos de seu filho, aparentemente com outro menino da mesma idade no aplicativo WhatsApp, porém desconfiaram do seu conteúdo. Com a utilização de técnicas avançadas de investigação da atividade de dados e localização, a equipe de investigação chegou à identidade do suspeito.

O preso foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal em Macaé para oficializar a prisão em flagrante. Caso o acusado seja condenado, ele poderá pegar pena de 4 a 8 anos de reclusão.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.