Urbália: Qual mentira vai nos parar?

Papo Reto pra quê?

Tem que saber curtir, tem que saber lidar.
Em qual mentira vou acreditar?
A noite é assim mesmo então, deixa rolar.
Vou escolher em qual mentira vou acreditar.
Tem que saber curtir, tem que saber lidar.
Em qual mentira vou acreditar?”

O trecho da música do Racionais Mc`s traduz o nosso tempo de forma avassaladora. Diante dos fatos e da interpretação coletiva, trabalhar com a verdade ou resolução de problemas é uma tarefa inglória.

Cite pesquisas, estatísticas, documentos ou estudos para mostrar que as coisas estão ruins e receba toda a repulsa daqueles que acreditam que essas informações são manipuladas em prol de um domínio de um grupo ou ideologia.

Sim, informações são manipuladas em prol de um grupo ou ideologia. Controlar nossas preferências sempre foi um mecanismo eficaz de dominação. Só que existem dados ou melhor, pessoas que produziram ou produzem dados que tentam mostrar um mundo real, um mundo onde os recursos não são distribuídos de forma igualitária.

O que falta para se acreditar em dados que mostram o assassinato de nossa juventude e as ligações diretas com as políticas estatais? Ou todo o impacto social de um País de origem escravocrata nas nossas vidas?

Diante de toda historiografia e documentação existente, por que ainda se duvida que existiu um período ditatorial no Brasil? Porque ainda se duvida de forma consistente o poder territorial, bélico e político das milícias?

Por que se acredita a democracia se resume a votar e escolher os representantes, sendo que há uma separação real da classe dirigente e da classe dos votantes? Por que se acredita que um empreendimento de grande porte realmente se preocupa em gerar renda para uma comunidade, cidade ou até País?

O Racionais Mc´s escreveu “Qual mentira vou acreditar” para mostrar que mesmo uma pessoa preta, bem-vestida e com dinheiro no bolso, ao sair para dar um rolé, ainda sim é considerado suspeito padrão e depois do enquadro e constrangimento diante da polícia, ainda ouve que racismo não existe.

Os fatos estão aí, desde um jovem asfixiado por um segurança no Mercado Extra a menina morta na quadra de uma escola. Pessoas treinadas para matar e não matar qualquer um e ainda sim você não acredita. Prefere acreditar que quem deve não teme, ou que você apenas sendo de “bem”, nada acontecerá contigo.

Escolha sua mentira e minha verdade é a erradicação da dominação e opressão institucionalizadas. É demais?

*Fabio Emecê é mc, poeta, professor e não vai parar…

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.