CPI da Enel é aprovada por unanimidade na 5° Sessão do ano em Cabo Frio

Audiência Pública é marcada para a próxima terça-feira (26) com o intuito de discutir o tombamento do Galpão do Sal.

Depois de quatro Sessões Ordinárias com um nível de tensão alta, nessa terça-feira (19) os ânimos ficaram mais contidos e com boas propostas apresentadas na Câmara Municipal de Cabo Frio. Foram discutidas e analisadas algumas pautas, porém, a mais importante foi a criação de uma CPI para investigar as quedas de energia e altas tarifas cobradas pela Enel, de autoria do Rafael Peçanha (PDT), aprovada por unanimidade pelos parlamentares presentes.

Estiveram presentes na sessão o Presidente Luis Geraldo (PRB), os vereadores Aquiles Barreto (Solidariedade), Guilherme Moreira (PPS), Rafael Peçanha (PDT), Oséias de Tamoios (PDT), Miguel Alencar (PPS), Letícia Jotta (PSC), Blau BLau (PSC), Jefferson Vidal (PSC), Alexandra Codeço (PRB), Edilan do Celular (PRP), Ricardo Martins (Solidariedade), Vanderlei Bento (PMB), Vinicius Correa (PP), Rodolfo de Rui (Solidariedade) e Vaguinho (PPS).

Foto: Prensa de Babel

Em seu pronunciamento inicial, o presidente Luís Geraldo falou da sua experiência em gerir a Casa. “A gente já tem uma certa experiência, a gente trabalhou bastante isso e é dar continuidade, humanizar a casa. A gente aqui trata a todos, e sempre foi assim, desde a outra eleição, com muito carinho e com muito respeito, entendeu? Muita educação e levamos a casa assim, porque aqui é uma casa política, mas que você tem que gerir, tem que administrar ela”, disse.

Para falar que não teve momento tenso, o único com uma fala mais forte na Sessão foi o vereador Jeferson Vidal, que fez duras críticas ao processo seletivo da Prefeitura e ao secretário de educação Cláudio Leitão. Segundo Vidal, Leitão quer colocar edital de câmeras de segurança e alarmes nas escolas.“Sobre o processo seletivo. Vou perguntar a vocês: alguém sabe quem faz essa seleção? Tem algum membro do Ministério Público fazendo essa seleção? Tem algum membro dessa casa que faz essa seleção? Quem é que brinca lá de juiz?”, afirmou.

CPI da Enel

Rafael Peçanha, líder da oposição, solicitou a CPI da Enel. A Comissão seria por conta das quedas de energias em muitas casas da cidade. “O requerimento conta com a anuência de 1/3 dos vereadores dessa Casa e propondo que a Câmara possa criar a CPI para avaliar a incompatibilidade entre as constantes quedas e faltas de energia proporcionada por essa concessionária no município de Cabo Frio. Aumento nas contas de luz e a contribuição da iluminação pública que nós não vemos ser aplicada na melhoria da iluminação da cidade. Existe um contraponto, existe um paradoxo entre o dinheiro que é gasto pelo contribuinte, o valor da conta e o serviço que é prestado completamente deficitária, completamente incoerente com aquilo que a gente espera por um serviço de qualidade. Por isso a gente quer abrir essa CPI para investigar”, disse.

Audiência Pública

E na Sessão Ordinária da Câmara de Cabo Frio da última quinta-feira (14) foi aprovado um requerimento de audiência pública para discutir o destino da área do antigo “Galpão do Sal” do município. Além do pedido de audiência, também foi aprovado por unanimidade um requerimento solicitando cópia com inteiro teor do processo de regularização da área localizada no bairro da Passagem. Ambas as matérias foram de autoria do vereador Aquilles Barreto (SD).

E nesta segunda-feira (18) a data para a realização audiência pública foi marcada. Será na próxima terça-feira (26), às 10h. Houve uma reunião na Câmara para estipular a data, bem como alinhar a organização da audiência. Participaram o presidente da Casa, vereador Luís Geraldo (PRB), vereadores Guilherme Moreira (PPS) e Ricardo Martins (SD).

A Sessão Ordinária da Casa Legislativa retorna na quinta-feira (21) para discussão e votação das propostas apresentadas pelos vereadores. A sessão pode ser assistida na íntegra clicando aqui.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.