Batalhão de choque de Porto Alegre ameaça tirar famílias do Quilombo dos Lemos

Água e a luz dos quilombolas foram cortadas e os moradores correm risco iminente

Foto: Max Peixoto

No mês de novembro é comemorado o dia da Consciência Negra, no dia 20, e o que era pra ser um período de reflexão se tornou opressão. O grupo independente Mídia Ninja publicou em suas redes sociais um ocorrido no Rio Grande do Sul, onde a força militar tentou tirar famílias de um Quilombo. Confira o texto na íntegra:

“Nessa última quarta-feira (7), moradores do Quilombo dos Lemos, localizado na zona sul de Porto Alegre, foram surpreendidos nas primeiras horas da manhã, pelo batalhão de choque da Brigada Militar. O quilombo abriga cerca de 60 pessoas entre crianças, mulheres, portadores de deficiência, homens e mulheres. Os policiais ameaçaram retirar à força as famílias que moram há mais de 50 anos no local, levando apenas seus bens e sem local para realocação. A reintegração foi suspensa devido a irregularidade do processo. Mesmo assim a água e a luz dos quilombolas foram cortadas e os moradores correm risco iminente”.

Foto: Max Peixoto

Leia também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.