Instituto Nacional de Metereologia solta alerta de chuva para Região dos Lagos

Em Cabo Frio poucos pontos de alagamentos foram vistos

Na manhã desta quinta-feira (8), o instituto nacional de metereologia (Inmet) divulgou um alerta de chuva intensa para o interior do Rio de Janeiro. De acordo com o instituto, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos e árvores, alagamentos e de descargas elétricas. Segundo o aviso, pode ter chuva entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 10 milímetros por dia, além de ventos entre 60 e 100 km/h.

Avenida Independência debaixo d’água / foto reprodução de internet

No bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio, uma moradora do Condomínio Monte Carlo, do Programa Minha Casa Minha Vida, disse que a água da chuva entrou no apartamento pela estrutura, próximo à janela. Outros pontos de alagamento foram registrados nos bairros Jardim Caiçara e Portinho. Em Unamar, no segundo distrito da cidade, a Avenida Independência, ao lado da Rodovia Amaral Peixoto, amanheceu alagada.

Instrução do instituto diz que “em caso de rajadas de vento não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia. Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (199) e ao Corpo de Bombeiros (193)”.

Alerta por SMS

A defesa Civil lançou em dezembro um serviço de alerta de riscos por celular. Mais de 25 milhões de pessoas receberam mensagem de texto pedindo que o CEP seja cadastrado via telefone móvel (é possível cadastrar até dois CEPs).

A partir daí, o usuário cadastrado passará a receber direto no celular avisos sobre alagamentos, deslizamentos e outros desastres naturais nas áreas cadastradas. Para ter acesso ao serviço, basta responder para o número 40199 as mensagens de SMS enviadas pelas operadoras. Pessoas que não receberam a mensagem também poderão se cadastras, basta enviar uma mensagem ao número 40199 com o CEP que o usuário deseja cadastrar.

Descarte irregular do lixo pode contribuir para entupimento das redes de drenagem

Foto: Ascom Cabo Frio

As fortes chuvas desta quinta-feira (8) alertam para o risco de alagamentos em Cabo Frio. Além do grande volume pluvial, alguns pontos de enchentes são causados pelo entupimento dos bueiros. A Prefeitura, por meio da Comsercaf (Companhia de Serviços de Cabo Frio) realiza manutenções periódicas nas redes pluviais, mas é necessária a colaboração da população com o descarte correto do lixo.

A autarquia realiza operações “limpa bueiros” diariamente. Em diversos pontos da cidade são retiradas grandes quantidades de areia e lixo. Parte desses resíduos é microlixo mas também é possível observar a retirada de objetos peculiares de dentro dos ralos públicos.

Na última quarta-feira (7), uma equipe efetuou a retirada de diversos controles remotos em um bueiro localizado

Foto: Ascom Cabo Frio

na rua José Paes de Abreu, no bairro Jardim Caiçara. Já na rua Érico Coelho, no Centro, foi retirado um par de sapatos. “Isso é mais comum do que se imagina. Nossos funcionários já encontraram bolsas, luvas, chapéu. Quando há um alagamento, todos enxergam a importância de uma rede de drenagem eficiente, mas para que isso ocorra, é necessário que a população colabore com o descarte correto do lixo”, disse o presidente da Comsercaf, Luiz Cláudio Gama.

Os moradores também podem contribuir com solicitações de limpeza dos ralos públicos por meio do Disk Consercaf, no telefone (22) 2648-8907. As ligações geram protocolos que ficam documentados, e permitem que os solicitantes acompanhem o andamento dos pedidos.

Leia também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.