Prefeitura de Búzios solta nota oficial sobre acusações de desvio de verba

As acusações foram feitas pelo vice prefeito Henrique Gomes, em entrevista ao Prensa

Keleber Ferreira em seu antigo gabinete (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Búzios emitiu uma nota na manhã desta quarta-feira (7) esclarecendo a denúncia de um desvio de cerca de R$ 87 milhões dos cofres públicos. O assunto foi um dos temas da entrevista concedida pelo vice  prefeito Henrique Gomes ao Prensa, no último dia 1 e novembro.

Na ocasião, Henrique Gomes fez acusações ao secretário de fazenda e de governo de Búzios, Kleber Ferreira.

Após o ocorrido, a prefeitura soltou uma nota de esclarecimento. Veja na íntegra:

“A Prefeitura de Armação de Búzios vem, por meio dessa nota, dar esclarecimento à população das afirmações feitas por um ex-servidor a respeito do secretário de Fazenda Sr. Kleber Ferreira, em que consta que haveria um desvio de cerca de R$ 87 milhõesdos cofres públicos no município, sugerindo, inclusive haver conhecimento desse ato por parte dos vereadores do município. O ex-servidor também declarou que o secretário teria pedido exoneração do cargo após saber o resultado de uma auditoria que confirmaria o suposto desvio.

Consideramos a atitude do ex-servidor irresponsável e declaramos improcedentes as afirmações.

O secretário Sr.Kleber Ferreira esteve a convite da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara, participando nesta terça-feira (6) de uma reunião com os vereadores. Na oportunidade pode explicar os fatos e desmentir as afirmações.

Voltamos a afirmar que não houve em nenhuma hipótese desvio de quantia de qualquer espécie, e que existe sim uma auditoria interna em curso, que foi solicitada pela própria administração no dia 13/03/2018, para apurar a existência de valores a contabilizar na conciliação bancária e que ao final de abril de 2018, por ocasião da prestação de contas do exercício de 2017, que é enviado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), foi pedido do Sr.Kleber, à época, secretário de Governo e Fazenda, que constasse a informação de que havia o referido procedimento de autoria interna em andamento.

Reafirmamos que a atitude do ex-servidor é irresponsável e as afirmações mentirosas, e que ao fim da auditoria ficará provado que não há, assim como nunca houve ou haverá, desvios de recursos na atual administração. Também lembramos a seriedade dessa administração em sua prestação de contas de recursos recebidos, o que possibilitou o município firmar diversos convênios federais, que foram todos, inclusive, fiscalizados e aprovados por órgãos técnicos federais, podendo com isso realizar a entrega e construção de Unidades Básicas de Saúde em todo município, Clínica da Família, revitalização do trecho Tartaruga à Barbuda da Avenida José Bento Ribeiro Dantas, pavimentação, drenagem e calçamento da Estrada da Tartaruga, o Espaço Cultural Zanine (que por anos foi negligenciado pelas administrações passadas), Praça do INEFI, entre outras”.

Vereadores aprovam ida do Secretário Kleber Ferreira à Casa Legislativa

Na sessão ordinária dessa última terça-feira (6) da Câmara Municipal de Búzios, foi aprovado o Requerimento 21/2018, que convoca o Kleber Ferreira de Souza a ir à Casa Legislativa para explanar sobre a denúncia de desvio de dinheiro feita pelo vice-prefeito Henrique Gomes .

“O vice-prefeito fez graves denúncias em entrevista a um jornal local, e esta Casa tem a obrigação de apurá-las, porque envolve dinheiro público. Foi denunciado o desvio de aproximadamente 87 milhões dos cofres públicos e como fiscalizadora que sou, apresento este requerimento para apurarmos as referidas denúncias.”, justifica a autora da proposição vereadora Gladys Nunes.

O Requerimento foi aprovado por unanimidade. Conforme o Regimento Interno da Câmara Municipal, após a aprovação do Requerimento, o presidente do Legislativo João Carlos Alves de Souza (Cacalho) deve enviar um ofício ao secretário municipal, indicando o dia e a hora para o comparecimento e dando ao convocado o motivo de sua convocação. O prazo para o atendimento à convocação do secretário é de 20 dias (Art.35, Inciso XXXII, § 1º da Lei Orgânica Municipal de Búzios).

Leia também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.