Câmara de Búzios pode aprovar anulação de lei que protege escolas de risco de incêndio e explosão

O projeto é de autoria do Poder Executivo e será votado nesta terça-feira (11) ás 18h na Câmara de Vereadores

Será votado  nesta terça-feira (11), ás 18h, na Câmara de Vereadores de Búzios,  um  projeto de ementa  de autoria do Pode Executivo, que agora tem a frente o prefeito interino Henrique Gomes (DEM) – que assumiu após o afastamento de André Granado (MDB), onde pede anulação  da Lei 1361 de 17 de agosto de 2017, que determina o afastamento minimo  de estabelecimentos comerciais que apresentam riscos  de incêndio ou explosões (como postos de gasolina) mantenham uma distância de lugares com grande aglomeração de pessoas, como escolas e igrejas.

Hoje a cidade tem ao menos três postos de  gasolina  muito próximos de escolas, igrejas e também super-mercados.

Leia também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.