Vereadores de Búzios querem repudiar STF por discutir a descriminalização do aborto

A Câmara de  Vereadores de Búzios  nesta terça-feria (7),  às 18h, colocará em votação  a proposta de uma moção de repúdio  ao Supremo Tribunal Federal e ao Congresso Nacional contra a ADPF 442, que visa a descriminalização do aborto.

Chama atenção o fato dos parlamentares buzianos tomarem   a decisão de repudiar uma discussão nacional de grande importância social sem nenhuma documentação cientifica que possa provar que sua decisão representa o pensamento da maioria das mulheres do município.

Grupos feministas e movimentos de mulheres  da cidade e região já se pronunciaram em protesto a decisão dos vereadores de Búzios.

O Prensa, como veiculo de comunicação,  em consonância com seu conselho editorial e colaboradores, se posiciona contrária a medida tomada pelo vereadores de Búzios e declara absurda e violação aos direitos das mulheres. E no entender do jornal , a Câmara de Vereadores de Búzios deveria estar empenhada em apurar dados como número de estupro, gestação na adolescência, e o desmonte do aparato de proteção a mulher.

Um ato já está marcado para ser realizado na Câmara nesta terça durante a  sessão. O ato será a primeira ação em busca de uma discussão verdadeiramente democrática sobre o tema no município.

O nome dos vereadores 

NILTON CESAR ALVES DE ALMEIDA, ADIEL DA SILVA VIEIRA, GLADYS PEREIRA RODRIGUES NUNES, JOÃO CARLOS ALVES DE SOUZA, JOICE LÚCIA COSTA DOS SANTOS, JOSUÉ PEREIRA DOS SANTOS, MIGUEL PEREIRA DE SOUZA, VALMIR MARTINS DE CARVALHO E LORRAM GOMES DA SILVEIRA

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.