Búzios é um dos cinco destinos mais procurados para este verão

Setur RJ classifica o balneário como um dos destinos mais procurados do Estado

Mais uma vez, a Região dos Lagos recebe destaque como um dos destinos mais procurados no Estado do Rio de Janeiro. Um levantamento do Portal Turismo Consciente (Setur RJ), com dados de dezembro de 2020, indicou a cidade de Búzios na quarta posição entre os cinco destinos mais buscados pelos turistas.

O balneário foi contemplado, recentemente, no projeto Verão Azul Conecta, da empresa sub-regional da Azul Linhas Aéreas, recebendo voos diários saindo dos aeroportos Santos Dumont (Rio de Janeiro) e Confins (Belo Horizonte) direto para o Aeroporto Umberto Modiano, que fica localizado no Aretê.

MUDANÇAS NA PANDEMIA

Com as mudanças decorrentes da Covid-19, quem pretende visitar a península deve lembrar que as barreiras sanitárias estão em vigor e para entrar na cidade é preciso apresentar um QR Code, que é emitido pelos meios de hospedagem no momento da reserva.

Atividades como comércio, praias, bares e restaurantes, atividades de lazer e culturais estão funcionando com medidas de distanciamento social.

Imagem: Matheus Coutinho | Prensa

No mês de dezembro, Búzios passou por um lockdown total, após uma determinação de medidas restritas de funcionamento das atividades, implantadas pelo juiz Raphael Baddini de Queiroz Campos. Porém, após análise da documentação encaminha pela Prefeitura à Justiça, o Tribunal de Justiça do Estado (TJRJ) autorizou a reabertura do município e a flexibilização das atividades, no dia 18 de dezembro.

Com a decisão, as fronteiras da cidade voltaram a ser abertas para visitantes e o funcionamento do comércio pode permanecer com as atividades funcionando, obedecendo as diretrizes do Diário Oficial.

Mesmo com a instabilidade causada pelo lockdown, Búzios segue recebendo turistas durante o verão.

A Secretaria do Estado de Turismo organizou uma lista de todos os municípios do Rio de Janeiro que estão com atividades funcionando. O portal pode ser acessado por meio do link.

Comentários