Acompanhe o plano de vacinação contra a Covid-19 nas cidades da Costa do Sol

Com a chegada da vacina de Oxford/AstraZeneca na região, acompanhe como cada cidade pretende dar continuidade ao plano de vacinação contra a Covid-19

PROLAGOS 300_250_pix

Nesta segunda-feira (25), os lotes da vacina de Oxford, em parceria com a tecnologia AstraZeneca, chegaram nas cidades da Região dos Lagos e Norte Fluminense. Cada município dará continuidade ao programa de imunização da população conta o Covid-19.

Nesta primeira fase, cada cidade deverá seguir as diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Saúde, que definiu como grupo prioritário os profissionais da saúde da linha de frente (enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos), idosos , indígenas e pessoas com deficiência institucionalizadas.

Cabo Frio

A cidade recebeu a primeira remessa da vacina de Oxford com 2.100 doses. A prefeitura informou que a nova vacina começa a ser aplicada imediatamente após o fim da remessa da Coronavac, que chegou na última quarta-feira (20), e que já foi aplicada em 2.052 pessoas.

Segundo o órgão, nesta terça-feira (26), as equipes volantes do Programa Municipal de Imunização irão a mais 14 locais para aplicar o imunizante, como nas instituições de longa permanência de idosos Pousada Iza Jansson II, Pousada Vovó Iza, Pousada Montes Brancos e Cantinho do Sol.

A estimativa é de que a vacinação com a Coronavac termine na terça (26), dando início ao esquema de vacinação com o antígeno da Oxford/AstraZeneca. A recomendação da Fiocruz é de que o intervalo entre as duas doses obrigatórias da vacina AstraZeneca seja de no máximo 12 semanas, ou seja, três meses.

Macaé

O município de Macaé recebeu 1.800 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca. Segundo o programa de imunização, até esta segunda-feira (25), 1159 pessoas já foram imunizadas, entre profissionais da saúde de unidades públicas e privadas, e idosos que vivem em asilos.

A responsável pelo Programa de Imunização, Luciana Santos, ressalta que no Plano Nacional de Vacinação todos os trabalhadores da saúde serão contemplados com a vacinação. No entanto, a ampliação da cobertura desse público será gradativa, conforme disponibilidade de maior quantitativo de vacinas pelo Ministério da Saúde.

Segundo a Prefeitura, à medida em que os profissionais dos hospitais e unidades de referência de atendimento ao coronavírus vão sendo imunizados, trabalhadores de outros setores irão recebendo as doses. A previsão é de que seja iniciada a vacinação das equipes que atuam nas unidades de pronto atendimento: Pronto Socorro Municipal, Pronto Socorro do Parque Aeroporto, UPAs da Barra e do Lagomar, Hospital da Serra em Trapiche, Regulação de Ambulância 192 e demais setores do HPM.

São Pedro da Aldeia

O Governo do Estado enviou para São Pedro da Aldeia 1070 doses da vacina Oxford/AstraZeneca. De acordo com a Secretaria de Saúde, a aplicação dessa remessa será destinada apenas aos profissionais da Saúde acima de 60 anos, que estão em atuação e que não foram vacinados pela CoronaVac na última semana.

A vacinação da primeira dose da Oxford/AstraZeneca inicia nesta quarta-feira (27), a partir das 8h. A segunda dose da mesma vacina ainda não tem data definida para ser aplicada, porém, o prazo limite para a conclusão da imunização, informado pelo Ministério da Saúde, é de 90 dias.

As vacinas serão aplicadas nas unidades de atenção básica dos bairros Porto da Aldeia, Vinhateiro, Alecrim, São João II, Campo Redondo II, Fluminense, Botafogo, Balneário, Flexeira. Os profissionais deverão apresentar documento funcional que comprove atuação na área da Saúde e cartão do SUS.

Rio das Ostras

A Prefeitura informou que o grupo prioritário que irá receber a vacina de Oxford / Aztrazeneca é o mesmo da vacina CoronaVac: profissionais de Saúde e idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência – ILP e funcionários destes locais.

A cidade recebeu 1.010 doses do novo imunizante, com previsão de começar as aplicações ainda no início desta semana.

Arraial do Cabo

O Município recebeu 320 doses da vacina Oxford/AstraZeneca. Segundo a Prefeitura, os imunizantes serão destinados aos profissionais de saúde e o município ainda está fazendo um levantamento do número de idosos, para que sejam o público alvo da próxima fase da campanha.

Búzios

A cidade de Búzios recebeu 320 imunizantes. De acordo com o Secretário de Saúde, Dr. Marcelo Amaral, a remessa será exclusiva para os profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19 e idosos do grupo de risco.

Assim como a CoronaVac, a vacina de Oxford também deverá ser aplicada em duas doses. O Secretário de Saúde de Búzios ainda ressaltou que “o imunizante da FioCruz (AstraZeneca) tem um intervalo de dosagem muito maior do que o anterior (CoronaVac). A expectativa é de que o Município consiga imunizar o máximo de pessoas até a chegada da nova remessa.

A Prensa questionou a Prefeitura sobre como será divida logística do plano de vacinação entre as duas doses de cada vacina, mas ainda não obteve resposta.

Comentários estão fechados.